Portuguesa perde para o Vila no Canindé

Em uma noite infeliz, a Portuguesa perdeu a chance de encostar no líder Santa Cruz ao ser derrotada pelo Vila Nova em pleno Estádio do Canindé, na capital, por 1 a 0, nesta terça-feira, pela abertura da 14.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O meia Adrianinho, que surgiu como promessa na Ponte Preta, mas não se firmou em Corinthians, São Caetano, Paysandu e Flamengo, marcou aos 13 minutos da etapa inicial o único gol do jogo.A derrota, a segunda consecutiva e também segunda jogando em casa na competição, manteve a Lusa na segunda colocação, com 23 pontos, mas deu a chance para cinco rivais a ultrapassarem com o complemento da rodada. Se vencerem, Marília, Santo André, Náutico, Grêmio e CRB ultrapassam o time paulistano em pontos.Além de significar o desperdício de uma partida em casa, o jogo colocou em questão a própria classificação da Portuguesa. "Não estamos mais tão garantidos, mas vamos buscar a vaga nos jogos que faltam em casa", ponderou o volante Alexandre. Para os próprios jogadores da Portuguesa, os pontos perdidos para o Vila Nova são irrecuperáveis. "Mesmo vencendo fora de casa, não vamos compensar esses pontos bobos perdidos aqui, pois se tratava de uma equipe que não vencia fora há muito tempo", declarou o ala Wilton Goiano, sabendo do jejum de dois anos e 14 dias sem vencer fora de casa pelo Campeonato Brasileiro que atingia o Vila Nova.Mesmo sem Leandro Amaral, desfalque de última hora, a Lusa mostrou um time mais ofensivo do que de costume, mas tinha dificuldades para criar boas jogadas de ataque. Giba optou por Michael na vaga de Rodrigo Pontes e aos 13 minutos o time foi castigado. Adrianinho bateu forte da entrada da área e acertou o canto do gol de Gléguer, fazendo 1 a 0. Depois do gol, os visitantes se fecharam ainda mais. A Portuguesa, por sua vez, não mostrou poder de reação e amargou a derrota na primeira etapa.Com o jovem Celsinho, da Seleção Sub-17, no time, a equipe do Canindé voltou ainda mais ofensiva para a etapa final, mas esbarrava em uma poderosa defesa goiana. Os jogadores lusitanos continuaram tentando pressionar, mas não houve mudança de Giba que acertasse em campo o time paulista. O próximo jogo da Lusa será contra o Avaí, em Santa Catarina, no dia 29, enquanto no mesmo dia o Vila Nova receberá o líder Santa Cruz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.