Marcio Fernandes/Estadão
Marcio Fernandes/Estadão

Portuguesa pode mandar clássico contra o Santos no Pacaembu

Lusa ainda não teve o Canindé liberado, sendo 'itinerante' neste começo de Paulistão; boliviano pode estrear diante do Rio Claro

Estadão Conteúdo

12 de fevereiro de 2015 | 19h49

Único clube do Campeonato Paulista que ainda não teve o seu estádio liberado, a Portuguesa passou a pensar no lado financeiro para definir os seus mandos de jogos. Sem confirmação da Prefeitura de São Paulo sobre o prazo para a vistoria no Canindé, a equipe planeja fazer o clássico contra o Santos no estádio do Pacaembu, marcado para o próximo dia 22.

A ideia da diretoria é justamente adquirir uma renda maior na partida que será válida pela sexta rodada do Campeonato Paulista. Ciente que o Santos possui uma grande massa de adeptos na capital, a Portuguesa espera que os santistas compareçam na partida e praticamente dividam o espaço com os seus torcedores.

No empate com o São Bento, pela segunda rodada, a Portuguesa escolheu o estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, para atuar. Na próxima quarta-feira contra o Rio Claro, o time mandará a partida na Arena Barueri, em Barueri.

RUDY CARDOZO PODE ESTREAR
Uma das principais contratações da Portuguesa nesta temporada, o boliviano Rudy Cardozo deve fazer a sua estreia com a camisa da Portuguesa diante do Rio Claro. O atacante vem treinando entre os titulares e seria uma boa opção para substituir Popó, suspenso por ter sido expulso diante do Audax.

Criticado por alguns por ter um salário mais alto que qualquer outro jogador da Portuguesa, o jogador boliviano é a grande esperança de gols do técnico Aílton Silva para a sequência do Paulistão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.