Portuguesa prioriza marcação em Recife

A Portuguesa vai reforçar o sistema de marcação para tentar segurar o Náutico, líder do Grupo B, no Estádio dos Aflitos, sexta-feira à noite, pela terceira rodada semifinal do Campeonato Brasileiro da Série B. Sem poder contar com os volantes Almir e Rodrigo Pontes, que cumprirão suspensão automática, o técnico Giba optou mesmo pela entrada do zagueiro Émerson, armando o time no esquema 3-5-2.A outra vaga será ocupada pelo volante Rai, que dividirá com Rafael Toledo a responsabilidade de proteger a defesa. Estas mudanças foram confirmadas no coletivo realizado, nesta quarta-feira à tarde, no Canindé. Por diversas vezes o técnico Giba parou o treinamento para corrigir o posicionamento, principalmente defensivo. Ele também insistiu em jogadas ensaiadas nas cobranças de faltas e de escanteios."Nós não temos muitas opções e não podemos ficar mudando a estrutura do time", justificou Giba. O técnico acha que a disposição do grupo pode superar uma eventual queda de rendimento pela falta de entrosamento. Com estas definições, o volante Alexandre ficará no banco de reservas e Rafael Costa, outra opção para o setor, nem foi relacionado para seguir com a delegação. O atacante Oliveira, com um estiramento muscular, também está fora.O elenco está concentrado e a delegação deixa São Paulo nesta quinta-feira, para viajar até Recife (PE). Com três pontos em dois jogos, a Portuguesa espera conquistar pelo menos um ponto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.