J. F. Diorio/Estadão
J. F. Diorio/Estadão

Portuguesa promete volta por cima com 'ética e transparência'

Equipe foi rebaixada pela quarta vez em quatro anos

Estadão Conteúdo

09 de abril de 2015 | 21h06

Um dia após amargar seu quarto rebaixamento em quatro anos, a diretoria da Portuguesa divulgou nota oficial, nesta quinta-feira, prometendo mudanças. Com o título de "Voltaremos", a Lusa promete um choque de gestão e, para isso, pede o apoio da torcida. Na quarta o time do Canindé amargou a queda no Campeonato Paulista, após a derrota para o São Paulo por 3 a 0.

Na nota oficial, a Portuguesa adotou um discurso de "ética e transparência", além de uma gestão mais profissional e menos passional. "Hoje, ao acordar, sacudimos a poeira e começamos uma nova era na Portuguesa. Não há mais espaço para amadorismo, desorganização e coitadismo. Contamos com você, que ama a Lusa, ao nosso lado nessa caminhada", diz o comunicado.

Após a renúncia do ex-presidente Ilídio Lico, no dia 20 de março, o então vice-presidente de finanças, Jorge Manuel Marques Gonçalves, assumiu a presidência. Ele teria 30 dias para convocar novas eleições. Contudo, a reunião do conselho deliberativo, que discutiria o futuro do clube, no dia 31 de março, foi cancelada por falta de quórum.

Sem dinheiro em caixa para a reformulação do elenco, a Lusa espera definir sua situação política, nos próximos dias, para depois pensar no time que disputará o Brasileiro da Série C. Além da nova diretoria, o clube também está sem técnico, já que Aílton Silva foi demitido após a derrota para o Red Bull Brasil, por 2 a 0, na penúltima rodada. Contra o São Paulo, o técnico do sub-20, Zé Augusto, ficou no banco de reservas.

Com uma dívida que já ultrapassa a casa dos R$ 100 milhões, a Lusa vê apenas uma saída para a salvação do clube. Uma é a busca de parceiros para tocar o futebol. Já para sanar as dívidas, a venda de parte do terreno do Canindé, que fica na Marginal Tietê. As negociações estariam num estágio adiantado.

Antes da estreia na Série C, contra o Londrina, no interior paranaense, a Lusa ainda tem compromisso pela Copa do Brasil. Após eliminar o Santos-AP, o time encara o vencedor do confronto entre Ituano e Joinville. Na ida, em Itu, o time paulista venceu por 3 a 0.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPortuguesarebaixamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.