Portuguesa quer espantar zebra e vencer

A Portuguesa já poderia ter garantido a vaga antecipada à próxima fase do Campeonato Brasileiro da Série B, mas nas duas primeiras oportunidades que teve desperdiçou. E isso já incomoda profundamente a comissão técnica e os jogadores, que já temem - mas garantem não acreditar - no pior: ser eliminado. Contra o Grêmio, diante de mais de 6.500 torcedores no Estádio do Canindé, perdeu por 2 a 1 - na 18.ª rodada. No jogo seguinte, perdeu para o Paulista, por 3 a 0, em Jundiaí. Caso seja eliminado, o fracasso será drástico no Canindé, pois o time ficaria de fora pela terceira vez consecutiva da segunda fase, como aconteceu nas temporadas de 2003 e de 2004. A Lusa, agora, está com 30 pontos e, com mais três pontos na duas rodadas restantes, garante-se entre os oito melhores. Segundo o matemático Tristão Garcia as chances são altas (78,9%). Na próxima sexta-feira, a Lusa volta a jogar em casa, contra o Sport. Caso não vença, a situação pode se complicar, pois o adversário seguinte será o Vitória, em Salvador. O retrospecto do time em casa é de seis vitórias, um empate e três derrotas; fora de São Paulo foram três vitórias, dois empates e quatro derrotas. Para enfrentar o time pernambucano, o técnico Giba poderá contar com o meia Cléber, artilheiro da Lusa na competição, com nove gols, e que ficou fora contra o Paulista. O goleiro Gléguer completará 100 jogos pela Portuguesa, mas ainda está longe do atacante Leandro Amaral, o recordista em participações no atual grupo de jogadores: 192 jogos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.