Portuguesa quer manter boa fase contra líder Botafogo

A Portuguesa espera dar sequência em sua boa fase no Campeonato Brasileiro. Mas para isso terá de superar importantes desfalques para o duelo contra o líder Botafogo. Os dois times se enfrentam neste domingo, às 16 horas, no estádio do Canindé, em São Paulo, pela 15.ª rodada.

AE, Agência Estado

18 de agosto de 2013 | 11h48

Depois de viver maus momentos no Brasileirão, a Portuguesa vem apresentando uma evolução desde a chegada do técnico Guto Ferreira. Nas últimas três rodadas, o clube empatou fora contra Flamengo e Coritiba, ambas por 1 a 1, e bateu o São Paulo por 2 a 1. Mesmo assim, ainda continua na zona de rebaixamento, com 13 pontos.

A situação na tabela de classificação não assusta o treinador. Quando chegou, ele traçou metas por etapas. A primeira era deixar a última colocação, fato já consumado. "Agora precisamos sair. Depois, nosso objetivo será nos distanciar. Só a partir de então pensaremos em algo maior", afirmou.

Para a partida, Guto Ferreira tem quatro desfalques certos. O meia argentino Cañete e os atacantes Diogo e Gilberto terão de cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Enquanto isso, o zagueiro Moisés Moura está fora por expulsão. Os meias Moisés e Souza, lesionados, ainda são dúvidas.

Caso Souza não jogue, a dúvida ficaria entre o meia Jean Mota e o atacante Bruno Moraes. Já na vaga de Moisés, a opção seria a entrada do volante Corrêa. Na defesa, Diego Augusto deve ser escalado ao lado de Valdomiro. No ataque, a expectativa é pela entrada de Neílson.

Por fim, o lateral-esquerdo Rogério retorna de suspensão no lugar do improvisado Jean Mota. "Sabemos que esse pode ser o confronto mais complicado no Brasileiro. Ainda assim, estamos confiantes em nosso momento de recuperação", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoPortuguesa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.