Portuguesa quer manter boa fase em Volta Redonda

Time do técnico Vágner Benazzi busca vitória por dois gols de diferença para avançar na Copa do Brasil

Agência Estado,

18 de março de 2008 | 19h16

Invicta há cinco rodadas pelo Campeonato Paulista, a Portuguesa quer transportar a boa fase vivida no Estadual para a Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, às 20h30, a Lusa tem a chance de fazer o plano virar realidade, contra o Volta Redonda, no Estádio Raulino de Oliveira, no Rio de Janeiro.   Veja também:  Resultados e calendário  Juventus recebe Náutico em Santa Bárbara D’Oeste   Na primeira fase, o time carioca eliminou a disputa do segundo jogo, ao vencer o Roma Apucarana por 2 a 0, no interior do Paraná. Enquanto isso, a Portuguesa teve de suar para eliminar o Ulbra Ji-Paraná. Na primeira partida, houve empate por 1 a 1, enquanto, no segundo jogo, o time paulista chegou à vitória, por 3 a 1, em jogo disputado em Bragança Paulista porque o Canindé estava interditado.   O técnico Vágner Benazzi tem reclamado da maratona de jogos da Lusa, que se viu obrigada a disputar muitos jogos fora do Canindé, mas quer se manter vivo na competição. "A Copa do Brasil é um torneio importante e temos condições de brigar até pelo título. Mas vamos sentir o rendimento físico dos jogadores", ponderou. Volta Redonda Lugão; Alemão, Ailson e Dedé; Renan, Schnieder, Alexandre, Ivis e Glauber; Fábio e Deni Técnico: Alexandre Gama Portuguesa André Luiz; Zé Maria, Bruno Rodrigo, Marco Aurélio e Bruno Recife; Dias, Erick, Carlos Alberto e Ramón; Vaguinho e Christian Técnico: Vágner Benazzi Árbitro: Wallace Nascimento Valente-ESEstádio: Raulino de Oliveira, em Volta RedondaHorário: 20h30 Assim como havia adiantado na semana passada, o técnico Vágner Benazzi confirmou a entrada do atacante Vaguinho na equipe titular. "O Vaguinho precisa ganhar ritmo de jogo", justifica o técnico, lembrando da suspensão de 120 dias por causa de doping. O jogador deve assumir o lugar de Rogério, que reclamou de cansaço e vai ser poupado.   Na defesa, outra baixa. O lateral-direito Patrício sofreu uma contratura muscular e deve ficar afastado dos gramados pelo menos até o final de semana. Para sua vaga, o experiente Zé Maria está confirmado. Ainda na lista dos desfalques, Benazzi sabe que não terá o meia Preto. O camisa 10 sofreu uma fratura em um osso do rosto, em lance de treinamento, e não joga pelos próximos 40 dias. Assim, Preto deve voltar apenas para o Campeonato Brasileiro.   No Volta Redonda, o técnico Alexandre Gama só terá um desfalque. A equipe não poderá contar com o atacante Léo Guerra. Ele, que marcou um dos gols na vitória sobre o Roma, sofreu uma entorse no joelho direito. Mas a torcida promete ser o 12.° jogador em campo. A diretoria do time carioca fez uma promoção, em que idosos e crianças não pagam pela sua entrada no estádio. Além disso, a arquibancada custará apenas R$ 5,00, enquanto a cadeira, R$ 20.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa do BrasilPortuguesaVolta Redonda

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.