Portuguesa quer mostrar sua força

A Portuguesa vai tentar provar a partir deste sábado que está pronta para voltar à elite do futebol nacional. Para isso precisa vencer o Santa Cruz, às 16 horas, no Canindé, pela Série B do Campeonato Brasileiro. Rebaixada em 2002, é a primeira vez que a equipe da capital chega à fase decisiva da competição. E assim que obteve a classificação ao quadrangular decisivo na semana passada, contra o Guarani, o técnico Giba declarou: ?Meu time está pronto para subir.?O desafio é passar pelo Santa Cruz, uma equipe que fez a melhor campanha na primeira fase e também na segunda. Apesar de garantir que seu time está pronto para voltar à Série A, Giba tem uma preocupação: a oscilação da Portuguesa em algumas partidas.?Na segunda fase, fizemos quatro ótimos jogos, mas fomos mal em outros dois. Parece que o time dá uma ?desligada? em campo de vez quando. É contra isso que estou trabalhando?, afirma o treinador. Três são os desfalques para este sábado: estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo o lateral-direito Wilton Júnior, o zagueiro Émerson e o meia Rafael Toledo.Mas o volante Almir, que cumpriu suspensão contra o Guarani, retorna, assim como o meia Cléber, destaque da Portuguesa na competição ? é o artilheiro do time, com 12 gols. Maurício, na lateral, Almir e Cléber, no meio-de-campo, ocupam a vaga dos jogadores suspensos.Durante a semana, nos treinos realizados em Itu, Giba tinha uma dúvida no ataque: Celsinho ou Leandro Amaral para fazer companhia ao angolano Johnson. O treinador optou por Leandro, colocando fim a uma possível rixa com o centroavante. ?Ele (Leandro) não é um jogador para ser menosprezado em um momento tão importante. Como ele foi mal contra o Marília (segunda fase), decidi substituí-lo. Foi só isso?, explica Giba.

Agencia Estado,

21 de outubro de 2005 | 17h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.