Portuguesa quer vencer em Goiás para deixar a degola

Ainda sem vencer desde a retomada do Campeonato Brasileiro, a Portuguesa espera reencontrar o caminho das vitórias para deixar a zona de rebaixamento. Para tanto, a equipe terá que superar o embalado Goiás, neste domingo, às 18h30, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, pela oitava rodada.

AE, Agência Estado

21 de julho de 2013 | 09h18

O time do Canindé entra em campo pressionado pelos maus resultados após a Copa das Confederações. Nas duas últimas partidas, os paulistas empataram em casa com o Cruzeiro, por 1 a 1, e foram goleados pelo Santos, por 4 a 1, na Vila Belmiro. Resultados que deixam o clube na zona de rebaixamento, com apenas sete pontos.

Apesar da má sequência, jogadores e o técnico Edson Pimenta continuam a ressaltar as boas atuações. Na visão deles, a Portuguesa tem jogado melhor que os adversários. "Os jogadores estão conscientes. Eles mesmos têm me dito que falta capricho na hora de concluir. Mas recebi a resposta que gostaria ouvir: ?professor contra o Goiás a bola vai começar a entrar?", frisou o treinador.

Para a partida, a base dos últimos jogos deve ser mantida. A única novidade deve ser a estreia do volante Bruno Corsini, contratado há uma semana junto ao Londrina-PR. O jogador será o substituto de Ferdinando, que cumprirá suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

Por outro lado, o atacante Gilberto, que está emprestado pelo Internacional, ainda não fará sua estreia. Embora já esteja regularizado, ele ainda não está em condições físicas ideais. Já o atacante Neílson, que também foi emprestado pelo Londrina, deve ficar no banco de reservas.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoPortuguesa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.