Divulgação
Divulgação

Portuguesa recua demais e cede o empate para o São Bento

Empolgada por vitória na 1ª rodada contra a Ponte Preta, equipe do treinador Aílton Silva fica por duas vezes com vantagem no marcador

Estadão Conteúdo

04 de fevereiro de 2015 | 19h13

A Portuguesa segue invicta no Campeonato Paulista, mas poderia ter conquistado um resultado melhor. Na tarde desta quarta-feira, o time da capital entrou em campo, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, porque o Canindé está interditado, e empatou por 2 a 2 com o São Bento, pela segunda rodada da competição.

Com o resultado, o time do técnico Aílton Silva chega aos quatro pontos e ocupa a liderança do Grupo C, com quatro pontos, pois na estreia tinha vencido a Ponte Preta, por 3 a 2, em Campinas. Já o clube de Sorocaba empatou a sua segunda partida consecutiva e com dois pontos, é o segundo colocado do Grupo B. Na primeira rodada, tinha ficado no 0 a 0 com o Linense.

Animada com a vitória na estreia, a Portuguesa entrou em campo ciente de que se pressionasse o adversário logo de início poderia abrir o placar. E foi justamente isso que aconteceu. Aos três minutos, o lateral Fabinho Capixaba avançou pela direita e chutou cruzado. Mal posicionado, o zagueiro Wanderson, do São Bento, desviou e colocou a bola para dentro do seu próprio gol.

Melhor na partida, a Lusa seguiu dominando o meio-de-campo e levou o primeiro susto apenas aos 27 minutos. Alex Reinaldo, do time sorocabano, fez boa jogada pela direita e arriscou um chute forte de fora da área. A bola passou raspando o gol defendido pelo goleiro da Portuguesa.

No retorno para o segundo tempo, o São Bento resolveu investir nas bolas áreas e assim chegou ao empate. Aos dez minutos, Marcelo Cordeiro levantou a bola para dentro da área e Éder Louco ganhou de cabeça. A bola bateu na trave e o goleiro Rafael Santos tentou tirar, mas o árbitro entendeu que ela já tinha entrado na meta e validou o gol.

O gol sofrido serviu para acordar a Lusa. O treinador Aílton Silva apostou nas entradas de Cleiton e Marcelinho, que fizeram a jogada do segundo gol. Aos 25 minutos, o meia lançou o atacante, que dominou no peito e cruzou para Diego só tocar para o fundo das redes.

Ao invés de matar logo a partida, a Portuguesa recuou e acabou levando o gol de empate. Em cobrança de pênalti, o experiente Marcelo Cordeiro cobrou forte e fez o gol de empate do time de Sorocaba, aos 33 minutos.

A Portuguesa volta a campo no próximo domingo, às 19h30, para enfrentar o Audax, no estádio José Liberatti, em Osasco. Enquanto isso, o São Bento volta a atuar em casa, no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba, diante do Marília, no sábado, às 17 horas. As partidas são válidas pela terceira rodada do Paulistão.

FICHA TÉCNICA

PORTUGUESA 2 X 2 SÃO BENTO

PORTUGUESA - Rafael Santos; Fabinho Capixaba, Alex Lima, Valdomiro e Paulo Henrique; Ferdinando, Betinho, Filipi Souza (Cleiton) e Léo Costa (Marcelinho); Diego (Renan) e Popó. Técnico: Aílton Silva.

SÃO BENTO - Henal; Alex Reinaldo, João Paulo, Wanderson e Marcelo Cordeiro; Renan, Éder, Serginho Catarinense, Éder Prudêncio, Eder Louco; Renan Mota (Chico) e Nilson (Danilo Alves). Técnico: Paulo Roberto Santos.

GOLS - Wanderson (contra), aos três minutos do primeiro tempo; Éder Louco, aos dez e Diego, aos 25 e Marcelo Cordeiro, aos 33 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Flávio Rodrigues de Souza.

CARTÕES AMARELOS - Alex Lima e Diego (Portuguesa); Renan Mota e Wanderson (São Bento)

RENDA e PÚBLICO - Não divulgados.

LOCAL - Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.