Portuguesa: recuperação começa agora

É o dia da recuperação. É com esse pensamento que os jogadores da Portuguesa entrarão em campo para enfrentar o Criciúma, às 20h30, no Canindé, pela Série B do Campeonato Brasileiro. A Lusa não vence há quatro jogos - dois empates e duas derrotas - e os atletas sabem que a partida desta terça-feira é fundamental para o time voltar a respirar aliviado na Série B do Brasileiro - ocupa a sexta posição com 14 pontos."É lógico que demos uma balançada com essa seqüência ruim. Mas fomos ?premiados? porque ainda continuamos na zona de classificação. Mesmo assim, esse sexto lugar acaba sendo incômodo", disse o goleiro Gléguer, que nesta terça completa 90 jogos com a camisa da Lusa. "É uma marca muito boa, que espero comemorar com a vitória. A gente vem de um momento ruim e só uma vitória para sair desse má fase." Para conseguir a quinta vitória no campeonato, o técnico Giba vai contar com o retorno da dupla de ataque. Fabrício e Oliveira cumpriram suspensão na derrota de 3 a 2 para o Gama e estão com ?fome de gol?. "Atacante que não sonha com a artilharia está morto. Não pudemos jogar a última partida e agora o time vai ter uma referência no ataque. Só a vitória interessa", afirmou um otimista Oliveira, autor de 3 gols no torneio, atrás apenas de Cléber (5 gols) na artilharia do time.A equipe que entra em campo ainda não é o que Giba considera ideal. Rodrigo Pontes está fora por causa de uma amigdalite e Leandro Amaral ainda não está com a documentação regularizada. No entanto, Giba conta com uma ?arma? para o segundo tempo contra o Criciúma. Celsinho voltou da seleção brasileira sub-17 e ficará no banco de reservas. Mais uma opção para o time que só pensa em voltar a vencer.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.