Divulgação
Divulgação

Portuguesa rescinde com Renan Teixeira após polêmica com a camisa do São Paulo

Jogador foi flagrado assistindo jogo do tricolor no Morumbi

Estadão Conteúdo

07 Abril 2016 | 20h24

Em férias forçadas após a eliminação na primeira fase da Série A2 do Campeonato Paulista, a Portuguesa anunciou a dispensa de quatro jogadores do seu elenco. Entre eles o volante Renan Teixeira, que na terça-feira se envolveu em polêmica com a camisa do São Paulo.

Renan Teixeira foi visto nas arquibancadas do estádio do Morumbi no duelo entre São Paulo e Trujillanos, da Venezuela, pela Copa Libertadores. Na ocasião, o jogador foi flagrado cantando músicas, vibrando com gols e vestindo camisa de Rogério Ceni, maior ídolo da história tricolor.

Horas depois da partida os vídeos começaram a ser compartilhadas nas redes sociais e a polêmica foi instaurada nos bastidores do Canindé. Em nenhum momento o jogador se pronunciou sobre o caso.

Além dele, outros jogadores foram dispensados: os volantes Ferdinando e Matteus, e o meia-atacante Natan. Curiosamente, o trio também acabou sendo demitido após postarem fotos tomando cerveja numa mesa com a toalha do Corinthians, rival da Portuguesa na capital paulista.

A Portuguesa volta a campo no dia 13 de abril para enfrentar o Parnahyba, do Piauí, em Teresina, pela primeira fase da Copa do Brasil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.