Arquivo/AE
Arquivo/AE

Portuguesa se preocupa com jogadores pendurados

Sete atletas não poderão pegar o Santo André na última rodada se receberam cartão contra o Santos

Agencia Estado

30 de março de 2009 | 20h02

SÃO PAULO - Com 34 pontos, em quarto lugar, a Portuguesa depende apenas de si para garantir a classificação às semifinais do Campeonato Paulista. O duelo contra o Santos, na próxima quinta-feira, na Vila Belmiro, pode garantir matematicamente a vaga na próxima fase. Mas, além do confronto direto contra os santistas, os cartões amarelos preocupam o técnico Paulo Bonamigo.

Veja também:

linkPortuguesa bate Marília por 4 a 1 e retorna ao G-4

tabela Campeonato Paulista - Classificação 

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

O elenco da Lusa tem sete jogadores pendurados: o goleiro Fábio, os laterais César Prates e Athirson, os meias Marco Antônio, Fellype Gabriel e Preto e o atacante Edno. E eles correm o risco de não atuar no último jogo, em casa, contra o Santo André, no domingo, na última rodada.

"É complicado ter sete jogadores com o segundo cartão amarelo, mas temos que pensar em jogar. Na hora do jogo, você não consegue pensar nisso, não passa na cabeça a chance de tomar outro cartão", garantiu Fellype Gabriel, feliz pela sua atuação na vitória sobre o Marília, quando marcou seus dois primeiros gols de cabeça na carreira.

O único desfalque da Portuguesa contra o Santos deve ser Guigov, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Embora seja lateral de origem, ele tem atuado como volante. Existe a possibilidade da entrada do zagueiro Alex Bruno, com Erick ficando na frente do trio defensivo. Outras opções são Wilton Goiano e Preto. Bonamigo ainda não definiu o substituto de Guigov.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.