Portuguesa se reabilita ao vencer Santo André por 3 a 2

No Canindé, time lusitano garante o triunfo, chega aos 34 pontos e fica mais perto do G-4 da Série B

AE, Agência Estado

21 de setembro de 2010 | 21h45

Numa partida bem disputada, a Portuguesa venceu o Santo André por 3 a 2, nesta terça-feira, debaixo de muito chuva em São Paulo, no estádio do Canindé, pela abertura da 23.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Com o resultado, a Lusa conseguiu se reabilitar da derrota para o Coritiba e se aproximou do G-4, o grupo de acesso, com 34 pontos, enquanto que o time do ABC paulista permanece com 24, dentro da zona do rebaixamento.

 

Veja também:

SÉRIE B - tabelaClassificaçãolistaTabela

 

A Portuguesa começou o jogo pressionando o Santo André. Aos 12 minutos, após cruzamento de Marco Antônio, o meia Héverton apareceu sozinho e testou para fundo das redes. A pressão da Lusa continuou e deu resultado aos 24. Andrezinho atrasou para Victor Hugo, que tentou jogar para o goleiro, mas escorregou na bola, que acabou indo para o fundo das redes.

Mas o Santo André mostrou um forte poder de reação e aos 31 minutos, após cruzamento de Gil, Borebi cabeceou e descontou. Aos 37, Aloísio lançou para Xuxa, que, na área, acertou um lindo chute no ângulo de Weverton, empatando a partida. Aos 41, porém, a Portuguesa desempatou a partida. Douglas agarrou Domingos dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Héverton bateu com categoria e fez o quinto gol da partida.

No segundo tempo, o jogo continuou aberto. O Santo André foi para cima da Lusa, buscando o gol de empate, mesmo correndo riscos nos contra-ataques. A grande chance aconteceu aos 30 minutos. Cicinho bateu cruzado e a bola explodiu na trave. No rebote, Rychely, sem goleiro, chutou por cima, perdendo um gol incrível.

Na próxima sexta-feira, em Bragança Paulista, a Portuguesa enfrenta o Bragantino, às 21 horas. Já o Santo André joga sábado, também às 21 horas, contra o Guaratinguetá, em Santo André.

PORTUGUESA - Weverton; Rai, Domingos, Preto Costa (Thiago Gomes) e Fabrício; Acleisson, Marco Antônio, Athirson (Henrique) e Héverton; Fabinho (Malaquias) e Zé Carlos. Técnico: Oswaldo Alvarez (Vadão).

SANTO ANDRÉ - Júlio César; Cicinho, Douglas, Victor Hugo e Andrezinho; Walker, Gil (Makelelê), Aloísio (João Henrique) e Xuxa; Anderson Costa e Borebi (Rychely). Técnico: Sérgio Soares.

Gols - Héverton, aos 12, Victor Hugo (contra), aos 25, Borebi, aos 31, Xuxa, aos 37, e Héverton (pênalti), aos 40 minutos do primeiro tempo. Cartão amarelo - Douglas (Santo André). Árbitro - Élcio Borborema (SP). Renda - R$ 11.370,00. Público - 608 pagantes. Local - Estádio do Canindé, em São Paulo (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.