Portuguesa se recupera e ganha do Bragantino por 2 a 1

A Portuguesa se recuperou da derrota para o Brasiliense em grande estilo. Debaixo de muita chuva, principalmente no segundo tempo, a Lusa bateu o Bragantino por 2 a 1, neste sábado, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. A partida foi válida pela oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

AE, Agencia Estado

27 de junho de 2009 | 18h51

Com gols de Anderson Paim e Fabrício, a Portuguesa chegou aos 14 pontos e deixou para trás Vasco, América-RN e Duque de Caxias, além de empatar em pontos com a Ponte Preta. Enquanto isso, o Bragantino perdeu a segunda consecutiva e manteve-se com dez pontos, perto da zona de rebaixamento.

No primeiro tempo, o jogo foi truncado, mas a Portuguesa aproveitou um contra-ataque a abriu o placar aos 15 minutos, com Paim chutando na saída do goleiro. Na etapa final, Fabrício ampliou a vantagem aos 27, quando invadiu a área e só tirou do goleiro. O Bragantino só descontou no final, aos 45 minutos, em cabeçada de Everton Isidoro.

Pela 9.ª rodada, o Bragantino entra em campo já nesta terça contra o Vasco, no Rio de Janeiro. Já a Portuguesa joga somente na próxima sexta contra o Paraná, em São Paulo.

Ficha técnica

Bragantino 1 x 2 Portuguesa

Bragantino - Gilvan; Marcelo Godri, Kadu e Carlinhos; Tiago Almeida (Everton Isidoro), Jair, Juninho, Paulinho (Filipe) e Diego Macedo; Léo Jaime (Fábio Luís) e Magrão. Técnico: Marcelo Veiga.

Portuguesa - Fábio; Bruno Rodrigo, Thiago Gomes e Preto Costa; Preto, Acleisson, Marco Antônio, Fellype Gabriel (Fabrício) e Anderson Paim; Héverton (Ygor) e Kempes (Tatá). Técnico: Paulo Bonamigo.

Gols - Anderson Paim, aos 15 minutos do primeiro tempo; Fabrício, aos 27, e Everton Isidoro, aos 45 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Kadu, Carlinhos e Magrão (Bragantino); Bruno Rodrigo (Portuguesa).

Árbitro - Rodrigo Braghetto (SP).

Renda - R$ 14.415,00.

Público - 1.074 pagantes.

Local - Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.