Arquivo/AE
Arquivo/AE

Portuguesa sofre virada e vê o acesso mais longe

Derrota por 3 a 2 para o Brasiliense fora de casa deixa Lusa com 38 pontos na tabela, em sétimo lugar

AE, Agencia Estado

25 de setembro de 2009 | 23h25

A Portuguesa perdeu uma grande oportunidade de encostar na zona de acesso do Campeonato Brasileiro da Série B. Após ficar duas vezes à frente no placar, a Lusa não resistiu ao Brasiliense e perdeu de virada por 3 a 2, nesta sexta-feira, no estádio Boca do Jacaré, em Taguatinga. O duelo foi válido pela 26.ª rodada.

 

Veja também:

Brasileirão Série B - tabela Classificação | lista Tabela

especialSÉRIE B - Leia mais sobre a competição

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Esta foi a segunda derrota seguida do time paulista, que vinha de tropeço diante do Ipatinga e continua na sétima colocação, com 38 pontos. Seis a menos que o quarto colocado, o Ceará. Já o time do Distrito Federal venceu a segunda consecutiva e assumiu o oitavo lugar, com 37.

Embora tenha dominado a maior parte do jogo, a Portuguesa não mostrou eficiência no último passe. O time paulista saiu na frente, aos 19 minutos do primeiro tempo, com o atacante Zé Carlos em um pênalti polêmico. O empate do Brasiliense saiu aos 38 ainda da primeira etapa com o zagueiro Moacri, de cabeça, após falha do goleiro Muriel. Dois minutos depois, porém, Fellype Gabriel recolocou os visitantes na frente num chute de virada, na pequena área.

Na segunda etapa, a Lusa voltou melhor, mas em um vacilo defensivo sofreu o empate. Gustavo aproveitou cobrança de escanteio e desviou de carrinho. O time do Canindé sentiu o gol e acabou sofrendo a virada em outro pênalti duvidoso. O volante Ygor, da Lusa, derrubou Thiaguinho e ainda acabou expulso. Na cobrança, Júlio César marcou o gol da vitória, aos 36 minutos.

Na próxima terça-feira, às 19h30, o Brasiliense volta a campo para enfrentar o Paraná, em Taguatinga. Enquanto isso, a Portuguesa joga contra o Bragantino, no mesmo dia e horário, no estádio Papa João Paulo II, em Mogi Mirim.

BRASILIENSE 3 X 2 PORTUGUESA

Brasiliense - Guto; Julio César, Padovani, Moacri e Edinho; César Gaúcho (Thiaguinho), Flávio, Juninho e Iranildo; Lúcio Flávio (Ricardinho) e Abuda (Gustavo). Técnico: Reinaldo Gueldini

Portuguesa - Muriel; Bruno Rodrigo, Preto Costa e Domingos; César Prates, Ygor, Marco Antônio, Preto e Anderson Paim (Tatá); Fellype Gabriel (Kempes) e Zé Carlos (Héverton). Técnico: Vágner Benazzi

Gols - Zé Carlos (pênalti), aos 19, Moacri, aos 38, e Fellype Gabriel, aos 40 minutos do primeiro tempo; Gustavo, aos 12, e Júlio César (pênalti), aos 36 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos - Júlio César, Flávio, Iranildo e Edinho (Brasiliense); César Prates, Fellype Gabriel, Anderson Paim, Bruno Rodrigo, Domingos e Marco Antônio (Portuguesa)

Cartão vermelho - Ygor (Portuguesa)

Árbitro - Renato Cardoso da Conceição (MG)

Renda e público - Não disponíveis

Local - Estádio Boca do Jacaré, em Taguatinga (DF)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.