Portuguesa tenta acabar com tabu para festejar 92 anos

A Portuguesa espera comemorar o seu aniversário com uma vitória, mas o feito não será nada fácil. Nesta quarta-feira, um dia após completar 92 anos de história, a equipe visita o Grêmio, às 19h30, no estádio Olímpico, em Porto Alegre, atrás de sua primeira vitória como visitante na temporada de 2012. O confronto é válido pela 17.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

AE, Agência Estado

15 de agosto de 2012 | 08h09

A última vitória do clube paulista aconteceu na despedida da Série B do ano passado. Na oportunidade, bateu o Icasa por 2 a 0, em Juazeiro do Norte (CE). Desde então, foram 20 jogos longe do Canindé, com oito empates e 12 derrotas. "Não podemos deixar escapar a chance de vencer se ela aparecer novamente", afirmou o lateral-direito Luís Ricardo.

Apesar de sonhar com uma vitória como presente, ninguém na Portuguesa desprezaria um empate. O resultado seria suficiente para manter a série invicta do clube do Canindé, que não perde há seis rodadas, sendo duas vitórias e quatro empates. Na rodada passada, ficou no 1 a 1 com o Botafogo e assumiu o 12.º lugar, com 18 pontos.

Apesar do empate em casa, o técnico Geninho não deve fazer grandes modificações na Portuguesa. A única novidade deve ser a entrada do zagueiro Rogério ao lado de Gustavo. Isso porque Valdomiro, que vinha sendo titular, terá de cumprir suspensão por ter levado o terceiro cartão amarelo.

Também há a possibilidade do treinador apostar em um meio de campo mais marcador com a entrada do volante Boquita na vaga do meia Héverton. "Ainda há o que trabalhar, o que melhorar, mas sinto que estamos no caminho certo", disse Geninho, sem confirmar a mudança. O time atuou desta forma em Salvador, no empate sem gols com o Bahia.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoPortuguesa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.