Portuguesa tenta se manter na frente

Ameaçado de perder o técnico Giba e o seu principal jogador, o meia Cléber, para o futebol turco, a Portuguesa tenta se manter entre os primeiros colocados dentro do Campeonato Brasileiro da Série B, nesta sexta-feira à noite, no Canindé, pela sexta rodada. A Lusa defende a terceira posição, com nove pontos, dois a mais do que seu adversário, que está em sétimo lugar. Rivais na luta contra o rebaixamento no Campeonato Paulista deste ano, os dois times se reencontram em situações diferentes. Para Giba, mesmo podendo se transferir para o Rizespor, da Turquia, em junho, promete se concentrar somente neste jogo. "Temos a obrigação de vencer, mas teremos um time forte e motivado pela frente", afirma o técnico da Lusa, que deixou o campo aplaudido há uma semana após a goleada de 4 a 1 sobre o Bahia. O objetivo é manter o time sempre entre os oito primeiros colocados. O lateral-direito Wilton Goiano, expulso, será substituído por Maurício. Com o terceiro cartão amarelo, o volante Almir também fica de fora, devendo ser substituído por Alexandre. Leandro Samarone, técnico do Barbarense, está confiante. Ele garante que a semana foi produtiva: "Nós trabalhamos bastante e nossa prioridade é neutralizar as principais jogadas da Portuguesa". Vindo de uma vitória por 3 a 0 sobre o Marília, o Barbarense terá uma estréia: o atacante Dênis Tobias, vindo do União de Timbó, de Santa Catarina. Ele está com a documentação regularizada e joga ao lado de Rogério Gaúcho, com o veterano Gílson Batata ficando no banco de reservas. O lateral-esquerdo Diogo Pires, expulso, será substituído por Fábio Duarte, que atuará improvisado, abrindo espaço para a entrada de Dênis na direita.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.