Portuguesa tenta segurar seus destaques

A diretoria da Portuguesa, em parceria com a Ability, trabalha rápido para ter um time competitivo na Série B do Campeonto Brasileiro. Depois da contratação do técnico Paulo Comelli (chega na segunda-feira) e a efetivação do lateral-direito Ângelo, ex-Corinthians e São Caetano (depois de treinar por 15 dias no clube, assinou contrato de dois anos e será apresentado na terça-feira), os dirigentes tentam segurar Edu Silva e o artilheiro Lucas.O contrato do lateral-esquerdo Edu Silva foi apenas para a disputa do Campeonato Paulista. Agora, a diretoria negocia a reformulação até o fim do Brasileiro. Já o vínculo do atacante Lucas - dono do próprio passe - é até dezembro. Mas o assédio de clubes importantes, como Corinthians, Inter e Cruzeiro, pode render um aumento de salários ao jogador, para sua permanência no Canindé.Lucas anotou 7 gols pelo time no Paulista e é o grande trunfo da Lusa para a Série B.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.