Portuguesa tenta segurar volante Rai

O volante Rai, da Portuguesa, anda chamando a atenção de clubes como Santos e Cruzeiro. O jogador, de 20 anos, participou de alguns encontros com representantes do time praiano em que o gerente de futebol, Zito, esteve presente. Ainda nada foi acertado. A Lusa, rapidamente, tratou de melhorar a situação financeira do atleta, que até outro dia ganhava ajuda de custo de R$ 400 nas categorias de base. Seu salário pulou para R$ 1.500 e logo em seguida teve substantivo aumento - três vezes mais. Dessa forma, o clube do Canindé registrou multa rescisória de R$ 900 mil, o que atrapalhou num primeiro momento as investidas do Santos. Agora é a vez do Cruzeiro partir para cima do volante. A diretoria do time mineiro quer comprar 50% dos direitos do jogador, que pertence à Portuguesa até dezembro de 2007. Rai não precisaria deixar o Canindé nesse momento. Seguiria disputando a Série B do Brasileiro, até para ganhar experiência.O Cruzeiro quer garantir agora metade dos direitos do jogador acreditando que ele possa estourar em breve A idéia, a princípio, é que Rai se mude para Belo Horizonte apenas na próxima temporada.Mais uma vez, a diretoria da Portuguesa trata de se precaver. Pessoas ligadas a Rai já foram informadas que o clube pensa em melhorar novamente o salário do atleta, que teria a multa rescisória aumentada para cerca de R$ 1,5 milhão. Recentemente, o clube esteve na iminência de perder o goleiro Gléguer, para o Grêmio, e o meia Cléber e o técnico Giba, sondados por um clube da Turquia. Desde então, a Portuguesa se esforça, dentro de suas possibilidades, para "ajeitar" a vida financeira de seus principais jogadores. A maioria dos contratos começam a ser revistos. Alheio às negociações de bastidores, Giba começou a montar o time com as suspensões de Rodrigo Pontes, que recebeu o terceiro amarelo, e Fabrício, expulso na vitória por 3 a 0 sobre a Barbarense, para enfrentar o São Raimundo, em Manaus, no sábado.A boa notícia é que não é séria a torção no joelho esquerdo sofrida pelo meia Celsinho, no treino de terça-feira. Ainda assim, só hoje será definido se o garoto de 16 anos viaja com a delegação a Manaus.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.