Filipe Araújo/Estadão
Filipe Araújo/Estadão

Portuguesa terá força máxima para 'jogo do ano' contra a Ponte Preta

Partida deste domingo pode garantir a permanência da equipe de Geninho na Série A do Brasileirão

AE, Agência Estado

30 de novembro de 2012 | 20h53

SÃO PAULO - O técnico Geninho terá à disposição todo elenco para o jogo que pode garantir a permanência da Portuguesa na elite do Campeonato Brasileiro conta a Ponte Preta, neste domingo, às 17 horas, no Estádio do Canindé, em São Paulo. A principal novidade do treinador será o retorno do zagueiro Valdomiro, que cumpriu suspensão automática na vitória sobre o Internacional, por 2 a 0, na última rodada, e deve voltar ao time titular no lugar de Rogério.

Outra arma do time para este confronto será a torcida. Assim como na partida contra o Bahia, na 34.ª rodada, a diretoria lusitana baixou o preço dos ingressos e manteve a promoção de gratuidade para crianças e mulheres com a camisa do clube. Os ingressos estão à venda desde a última quinta-feira nas bilheterias do Estádio do Canindé. Os preços são: R$ 20 a inteira e R$ 10 a meia entrada.

"É a nossa decisão. Tudo que queremos é consolidar a permanência do clube na primeira divisão. Na partida contra o Bahia, também jogávamos em casa e havia um clima de final. Precisamos tirar as lições necessárias e simplesmente não errar" disse o capitão Marcelo Cordeiro, um dos líderes do grupo.

A matemática para a permanência da Lusa na elite é simples: somar pontos. Com 44 pontos, na 15.ª posição, a Portuguesa tem três de vantagem para o primeiro time dentro da zona de rebaixamento, o Sport. Por isso, um empate basta para que o time paulistano fique no Brasileirão em 2013. Será uma forma de evitar um ano negro na história do clube, que no primeiro semestre foi rebaixado para o Paulista A2, equivalente à segunda divisão, pela segunda vez em sua história.

O provável time da Portuguesa deve ter: Dida; Luís Ricardo, Valdomiro, Gustavo e Marcelo Cordeiro; Ferdinando, Léo Silva, Boquita e Moisés; Ananias e Bruno Mineiro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPortuguesaBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.