Portuguesa terá time modesto na Série B

Sem condições de fazer grandes investimentos, a Portuguesa terá uma equipe modesta na Série B, formada por poucos remanescentes do Campeonato Paulista, alguns recém-contratados e outros revelados nas categorias de base. O técnico Luís Carlos Martins definiu a escalação para a estréia contra o Remo, neste sábado, às 16 horas, no Canindé. "Sentiremos a falta de ritmo de jogo, pois nosso primeiro adversário já está em atividade. Mas temos de mostrar superação e força de vontade", afirmou Martins. Um dos líderes da equipe é o volante Capitão, que jogou a Série B do ano passado pelo Sport. "Nenhum jogador pode reclamar desse campeonato, pois os gramados e os estádios são bons. Já esquecemos os últimos fracassos e estamos concentrados a competição." Ricardo Lopes, Rodrigo Costa, com rápida passagem pela Portuguesa Santista, e o recém-contratado Nem completam o meio-campo. Na defesa, além do goleiro Gléguer, os laterais Rissut e Júlio e os zagueiros Wagner e Evaldo formam o setor. No ataque, uma dupla que se conhece bem: Alex Alves e Marcos Denner atuaram juntos há alguns anos, no Juventus. "Não temos nenhum Ronaldo, mas faremos tudo para levar o clube à Série A", disse Martins. Na quinta-feira, a diretoria apresentou a nova camisa do clube, que terá como patrocinadores o Armarinhos Fernando, a Athletic Way e a Golden Cross, que no total, destinarão cerca de R$ 80 mil mensais ao clube.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.