Portuguesa trabalha para sair da crise

A Portuguesa pretende driblar a crise que assola o Canindé com trabalho. Neste aspecto, a diretoria não pode reclamar porque o técnico Gallo continua comandando o elenco em dois períodos na esperança de conseguir a reabilitação diante do Palmeiras, domingo, no Parque Antártica, pela 12.ª rodada do Campeonato Paulista.Pela manhã, houve um treino técnico-tático e a tarde foi aproveitada com outro trabalho técnico, com muitos exercícios de bola parada, cobranças de escanteios e faltas, além de finalizações. A dose dupla será repetida nesta quinta-feira, com treinos físicos pela manhã e coletivo à tarde.A novidade do dia foi a volta do atacante Cléber, liberado pelo departamento médico para treinos com bola. Ele tinha uma lesão na perna direita. Em contrapartida, duas baixas estão confirmadas: o zagueiro Pereira, expulso na derrota de 2 a 1 para o Marília, e o volante Rodrigo Pontes, que recebeu o terceiro cartão amarelo.Gallo continua apostando na recuperação do time e, além dos treinos, tem conversado bastante para deixar o elenco animado. Ele acha que os jogadores mais experientes terão papel importante nesta caminhada. Um deles é o goleiro Gléguer, que completará 75 jogos com a camisa da Lusa. "Espero fazer uma boa partida, mas acima de tudo espero conquistar estes três pontos, mesmo sabendo da força do Palmeiras", comentou o goleiro. Com apenas sete pontos, a Portuguesa é penúltima colocada, ocupa a zona do rebaixa mento e se apresenta como um dos times mais cotados para cair à Série A-2 em 2006.Festa - Gleguer completará 75 jogos com a camisa da Portuguesa domingo contra a equipe do Palmeiras, no atual elenco é o jogador com maior numero de partidas disputadas. "Mesmo com todo o favoritismo do Palmeiras que mostrou ser uma equipe muito forte após a vitória sobre o Santos e com o colega Marcos passando por uma ótima fase, espero fazer uma boa partida e comemorar meus 75 jogos com os 3 pontos para a Lusa."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.