Dorival Rosa / Portuguesa
Dorival Rosa / Portuguesa

Portuguesa vê aumento de patrocinadores e luta por vaga na Série D para consolidar nova fase

Tradicional equipe busca o título da Copa Paulista para voltar a ter uma divisão no futebol nacional já em 2023

Marcius Azevedo, O Estado de S.Paulo

21 de julho de 2022 | 20h00

A Portuguesa vive um momento de virada. Após um primeiro semestre especial, quando conquistou o título da Série A-2 e voltou à elite em São Paulo, o time do Canindé mira o título da Copa Paulista para ter chance de optar por uma vaga na Série D do Brasileirão em 2023. O campeão tem o direito de escolher entre estar presente na quarta divisão nacional ou jogar a Copa do Brasil.

O sucesso em campo respinga fora dele. O clube tem se destacado pelo investimento de marcas no uniforme. Atualmente, a Portuguesa estampa o nome de oito empresas na camisa. De acordo com o clube, o valor do patrocínio máster, negociado durante a gestão do presidente Antonio Castanheira, quase triplicou em relação ao antecessor e chega a um valor próximo de quando o time disputou o Brasileirão da Série A pela última vez. 

“Desde que assumimos, conseguimos valorizar os ativos comerciais do clube. Com o retorno que oferecemos aos investidores,  ampliamos o espaço da Portuguesa no mercado, nos relacionamento com os principais empresários do país. É um processo a longo prazo, de reconquistar a confiança dos investidores, estreitar o contato com grandes empresas para converter o relacionamento em futuras parcerias”, explicou Castanheira. 

Ainda no âmbito do marketing, a Portuguesa, que trabalha com a produção própria dos uniformes, realizou um collab especial com a adidas. Lançada no fim de maio, a camisa especial relembra o aniversário de 50 anos do Estádio do Canindé. O acordo não envolve a produção de novas coleções, mas o manto será utilizado nas partidas da Copa Paulista. 

“Esta ativação superou nossas expectativas, uma marca que tem uma relação histórica com a Portuguesa e nos ajudou a entregar um produto espetacular. Com o cinquentenário do Canindé, preparamos diversas ativações especiais para homenagear o espaço mais querido pelos lusitanos. Não só com o lançamento do uniforme, mas temos ações para celebrar o aniversário ao lado dos torcedores", afirmou Armando Ferreira, vice-presidente de marketing da Portuguesa. 

Na mesma linha, Bernardo Pontes, especialista em marketing esportivo e sócio da BP Sports, ressalta a importância da exploração de novos nichos para a mudança de patamar do clube. "A Portuguesa vem desenvolvendo um trabalho de aproximação da marca com um público mais jovem. Isso é fundamental para o futuro da instituição que nos últimos anos se afastou da opinião pública. A parceria com a Adidas é um retrato dessa estratégia. O lançamento de uma camisa com a marca alemã, chancela esse novo momento que o clube passa."

Durante as finais da segunda divisão do Campeonato Paulista, o local se destacou pelos bons públicos nas partidas decisivas. Com interações e campanhas nas redes sociais, mais de 28 mil pessoas compareceram aos jogos que garantiram a volta da equipe à primeira divisão estadual depois de oito anos. 

Internamente, o principal objetivo para a próxima temporada é voltar a disputar um torneio nacional. No ramo administrativo, a transformação para o modelo de SAF já foi aprovada pelo Conselho Deliberativo, que agora busca investidores para concretizar a negociação. 

"Para o planejamento, é importante que a Portuguesa volte a disputar as principais competições do futebol brasileiro. Com isso, teríamos um aporte maior no investimento, o que também poderia acarretar no aumento da procura por patrocinadores. Para a próxima temporada, retornaremos ao Paulistão, torneio valorizado e extremamente competitivo, com cinco equipes que disputam a Série A", finalizou Castanheira.

Patrocínios no uniforme

  • São Cristóvão Saúde
  • Estrella Galicia
  • Grupo Euro17
  • Rede Graal
  • Banco Luso Brasileiro
  • Busscar
  • MG Contécnica
  • Sem Acaso Comunicação visual

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.