Portuguesa vence Ipatinga e deixa zona do rebaixamento

Com dois gols do atacante Fellype Gabriel, a Portuguesa derrotou o lanterna Ipatinga por 2 a 0, nesta quarta-feira, no Canindé, em partida válida pela 32ª rodada do Brasileirão. O resultado deixou o time paulista com 35 pontos, fora da zona de rebaixamento, enquanto a equipe mineira manteve os 28, na última posição da tabela.Apesar de brigarem diretamente contra a queda, a Portuguesa mostrou ser um time superior em praticamente os 90 minutos. Depois de uma forte pressão inicial, a Portuguesa abriu o placar aos 14 minutos do primeiro tempo, com Fellype Gabriel. Após finalização de Edno, ele aproveitou rebote do goleiro Fernando e só completou ao esticar a perna direita. Mesmo em vantagem, os donos da casa continuaram controlando o jogo. O segundo gol, porém, saiu apenas na segunda etapa. Aos nove minutos, Fellype Gabriel recebeu passe de cabeça de Edno e bateu com categoria, por cima do goleiro. Depois do gol, a equipe da casa recuou, mas o Ipatinga não soube aproveitar os espaços. No próximo sábado, às 18h20, a Portuguesa volta a campo para enfrentar o Flamengo, no Maracanã, no Rio de Janeiro. Enquanto isso, o Ipatinga receberá o Coritiba, no mesmo dia, no Estádio Ipatingão.Ficha técnica:Portuguesa 2 x 0 IpatingaPortuguesa - Gottardi; Gavilán, Ediglê, Bruno Rodrigo e Athirson; Rai, Erick, Preto (Wilton Goiano) e Fellype Gabriel (Héverton); Edno (Rogério) e Jonas. Técnico: Estevam Soares.Ipatinga - Fernando; Márcio Gabriel, Gian, Silvio e Beto (Gilsinho); Augusto Recife, Leandro Salino, Xaves (Júlio) e Luciano Mandi (Michel); Ferreira e Pablo Escobar. Técnico: Enderson Moreira.Gols - Fellype Gabriel, aos 14 minutos do 1.º tempo, e aos 9 minutos do 2.º tempo.Cartões amarelos - Ediglê, Gottardi (Portuguesa); Augusto Recife, Gilsinho e Júlio (Ipatinga). Árbitro - Jaílson Freitas (BA).Renda - R$ 41.519,00.Público - 3.225 pagantes.Local - Estádio do Canindé, em São Paulo (SP).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.