Portuguesa vence pela primeira vez

A Portuguesa de Desportos, enfim, venceu pela primeira vez dentro do Campeonato Paulista. Com um gol de pênalti, marcado por Celso Luís, aos 49 minutos do segundo tempo, a Lusa fez 3 a 2 sobre o América, neste domingo à tarde, no estádio do Canindé. Na estréia do técnico Gallo, que substituiu Zé Teodoro, a Portuguesa chegou aos cinco pontos, em 17º lugar, ainda na zona do rebaixamento. O time de Rio Preto continua com sete pontos, em 12º. Bastante modificada, a Portuguesa começou o jogo de forma agressiva. E quase abriu o placar aos dois minutos, num cobrança de falta de Rodriguinho, que estourou na trave de André Zandoná. Com o lateral-esquerdo Ronildo armando o jogo no meio campo, a Lusa conseguia acertar mais os passes, mas encontrava dificuldades para superar o forte esquema defensivo do visitante, com três zagueiros e dois volantes na proteção. Mas, aos poucos, o América equilibrou as ações no meio campo e passou a ser perigoso nos contra-ataques quase sempre iniciados por Paulo Santos. A sua melhor chance saiu com Johnson, num chute que assustou Gléguer. Demonstrando muita garra, a Portuguesa chegou aos seus gols no final do primeiro tempo. Aos 40 minutos, Evaldo derrubou Rodriguinho na área, num pênalti muito contestado. Houve muita reclamação por parte dos americanos e o técnico Roberval Davino acabou sendo expulso. A cobrança só aconteceu aos 44 minutos, com Cléber fazendo 1 a 0. O próprio Cléber ampliou dois minutos depois, quando recebeu passe de Celso Luís e bateu de virada: 2 a 0. O América voltou para o tudo ou nada no segundo tempo, acuando a Portuguesa em seu campo defensivo. Outra vez o time da Lusa apresentou muito o desgaste físico, favorecendo o time visitante que chegou ao primeiro gol aos 37 minutos, quando Chicão completou para as redes depois de bate-rebate. Animado pelo gol, o América empatou aos 43 minutos, de novo, com Chicão que chutou da entrada da área. Quando tudo parecia perdido para a Portuguesa, Daniel Marques derrubou Celso Luís dentro da área: pênalti. Aos 49 minutos, o próprio Celso Luís bateu e converteu: 3 a 2. O juiz ainda deu um minuto de acréscimos e no final do jogo foi cercado pelos americanos, inconformados com as duas penalidades máximas anotadas. No próxima final de semana, a Portuguesa vai enfrentar a Internacional, em Limeira. O América tentará a reabilitação diante do São Caetano, no ABC.

Agencia Estado,

13 de fevereiro de 2005 | 19h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.