Portuguesa: vencer é pura obrigação

Mesmo apresentando sensíveis melhoras sobo comando do técnico Luís Carlos Martins, a Portuguesa aindavive sob a ameaça do rebaixamento no Campeonato Paulista. O timeentra em campo, neste domingo, às 16 horas, no Canindé, com aobrigação de vencer o União São João, para respirar um poucodentro da fase de repescagem da competição. O técnico ficou animado após o empate de 2 a 2 com o Paulista,em Jundiaí, quando o time somou seu primeiro ponto. "A evoluçãoé visível, tanto que não admito que ninguém fale emrebaixamento", comentou Martins, que conversou muito com osjogadores antes do coletivo de sexta-feira. A Portuguesa, porém,só tem um ponto em dois jogos, contra quatro pontos do seuadversário. A fase parece mesmo estar melhorando. Dois jogadores foramliberados pelo departamento médico: o lateral Rissut, que sentiadores no joelho direito e nem atuou em Jundiaí, além do zagueirocentral Júnior, que sentia dores na parte posterior da coxadireita. Mas o zagueiro treinou ao lado de Marcelo Fernandes e adupla está escalada, uma vez que Luiz Henrique foi expulso ecumprirá suspensão automática. A escalação de Rissut ainda não écerta, com Ricardo Lopes podendo ser mantido improvisado nalateral. "O time está ganhando confiança, mas precisamos vencer parasomar pontos", pondera o equilibrado Luís Carlos Martins, que tem sidomuito elogiado pelos próprios jogadores. O grupo parece fechadocom o técnico, o que poderá ser decisivo nesta fase difícil docampeonato. A Portuguesa foi dirigida por Martins em quatrojogos, com duas vitórias, um empate e apenas uma derrota. Oretrospecto nos confrontos entre os dois times também favorece aLusa. Em 20 jogos, o time do Canindé venceu 12 vezes, com seisempates e apenas duas derrotas. Na primeira fase do Paulistão,em Araras, a Portuguesa venceu por 2 a 1, justamente na estréiade Martins. O técnico do União São João, Arnaldo Lira, tem gostado do timeque somou quatro pontos em dois jogos. Sem problemas de contusãoe cartões, o técnico confirmou a mesma formação que empatou semgols com o Marília, quarta-feira, em Araras. O meia Leonardo,com dores musculares, foi poupado dos últimos treinos, mas estápraticamente confirmado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.