Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Portuguesa 'vende' mando e enfrenta Flamengo em Fortaleza

Em meio a dificuldades financeiras, clube busca alternativas para conseguir honrar seus compromissos

AE, Agência Estado

18 de outubro de 2013 | 19h41

SÃO PAULO - A Portuguesa vem encontrando dificuldades para honrar seus compromissos - tanto que os direitos de imagem dos jogadores estão atrasados. Em busca de recursos financeiros, a diretoria "vendeu" mais um mando de campo no Brasileirão. Assim, a partida diante do Flamengo, no dia 27 de outubro, pela 31ª rodada, será realizada na Arena Castelão, em Fortaleza. Antes, porém, o time encara o Vitória, neste domingo, no Canindé.

Nesta sexta-feira, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou a mudança do local de Portuguesa x Flamengo. Na partida contra o Corinthians, pela 24ª rodada, a Lusa já tinha feito algo parecido, ao mandar o confronto no Estádio Morenão, em Campo Grande. Na ocasião, 12.316 pessoas pagaram ingresso, mas a renda não foi divulgada.

Além de ajudar financeiramente, a transferência para a Arena Castelão deve tirar a Portuguesa da lanterna na média de público do Brasileirão. Em 14 jogos como mandante no campeonato, o time paulista levou uma média de 3.950 pessoas ao estádio. Mas, com uma partida diante do Flamengo em Fortaleza, esse número deve crescer bastante.

Para enfrentar o Vitória, o técnico Guto Ferreira não fez segredo em relação ao time. Após cumprir suspensão, o zagueiro Valdomiro volta na vaga de Lima. E o atacante Henrique será o substituto do artilheiro Gilberto, suspenso com três cartões amarelos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPortuguesaFlamengo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.