Portuguesa volta a acreditar na vaga

Depois da quebra do tabu de cinco jogos sem vitória no Campeonato Paulista, o ambiente da Portuguesa mudou. Preocupada com seu futuro na competição, a equipe, que subiu quatro posições na tabela com o resultado de domingo, agora está em quinto lugar e alimenta as esperanças de conquistar uma das quatro vagas para a próxima fase.Antes porém, o time tem outro desafio: a segunda partida contra o Figueirense, de Santa Catarina, quarta-feira, pela Copa do Brasil. A Lusa venceu o primeiro jogo, em Florianópolis, por 2 a 1 e precisa apenas de um empate para continuar na competição, que vale uma vaga para a Copa Libertadores da América de 2002.O fato de passar a jogar duas vezes por semana anima alguns jogadores e preocupa outros. "Para ser sincero, para mim é até melhor, porque ganho mais ritmo de jogo", disse o atacante Ricardo Oliveira, que no domingo igualou a marca do ex-jogador Enéas, único a fazer gols pela Portuguesa em cinco jogos consecutivos.O lateral Rochinha concorda que o número maior de jogos colabora com o entrosamento. "Mas teremos pouco tempo para nos recuperar fisicamente para a partida contra o Figueirense." Para o atacante Lúcio, as dificuldades em campo estão sendo superadas com a colaboração de todos os jogadores do grupo. "Percebi que o nosso rendimento melhorou depois que nós, do ataque, passamos a apoiar mais na marcação."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.