Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Possível saída de Bruno Henrique do Palmeiras irrita Felipão

Volante teria recebido proposta do Tianjin Teda, do futebol chinês

Redação, O Estado de S.Paulo

27 de janeiro de 2019 | 22h53

O técnico Luiz Felipe Scolari se irritou com uma pergunta sobre a possível saída do meia Bruno Henrique para o futebol chinês, em entrevista coletiva após o triunfo do Palmeiras por 2 a 0 sobre o São Caetano, neste domingo, pela terceira rodada do Campeonato Paulista. Informações dão conta que o chinês Tianjin Teda estaria disposto a pagar a multa rescisória contratual, de aproximadamente R$ 26 milhões, para ter o jogador.

"Quem disse para vocês que ele recebeu proposta da China? Tem sido comum vocês passarem para frente uma notícia que alguém disse, alguém planta, mas alguém que tem interesse. Se o Palmeiras está formando uma grande equipe, provavelmente vai dar condições ao Bruno Henrique para que ele saiba que vamos valorizá-lo muito. Não gosto de me meter nesses assuntos, mas empresário vende peixe e você estão vendendo para ele de graça. Cobrem um porcentual, vamos ver se ele vai dar para vocês", esbravejou o treinador.

Após a partida, o jogador foi abordado sobre o assunto, mas não quis se aprofundar no caso. "Essa questão de China ou de qualquer outra coisa que venha de fora eu vou deixar na mão dos meus empresários", despistou.

Contra o São Caetano, Bruno Henrique entrou no segundo tempo, no lugar de Moisés. Ainda sem a melhor forma física e entrosamento, o meio-campista ressaltou que o Palmeiras vai crescer ao longo da competição.

"Nosso time vem em uma evolução que já era esperada. É o começo do Campeonato e é sempre mais difícil. A cada jogo que passa, a gente se entrosa mais e os jogadores novos vão entrando e evoluindo nosso time. É isso o que o Felipão está trabalhando. Vários jogadores vão ter a sua oportunidade", disse.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.