Daniel Augusto Jr.| Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr.| Ag. Corinthians

Possível saída de Pato faz Corinthians segurar Marlone

Elenco ficaria bastante enfraquecido se os dois atacantes saíssem

Estadão Conteúdo

26 de julho de 2016 | 08h35

A diretoria do Corinthians recuou dos planos de tentar negociar o empréstimo do meia Marlone para outras equipes. O clube do Parque São Jorge rejeitou conversas com times como Sport e Atlético-PR por temer que com a provável saída de Alexandre Pato para o Villarreal, da Espanha, o elenco fique ainda mais enfraquecido no setor ofensivo para os compromissos do segundo semestre.

O Corinthians aceitava tratar o empréstimo de Marlone apenas com compensação financeira. O Sport foi quem esteve mais perto de fechar negócio, principalmente por ser o clube de preferência do jogador, que se destacou no futebol pernambucano no ano passado. Outras equipes que também demonstraram interesse foram o Atlético-PR, Ponte Preta e o Internacional.

A saída de Pato deve se concretizar nos próximos dias, em negociação que vai render cerca de R$ 10 milhões. As conversas adiantadas com o Villarreal levaram a diretoria a repensar a utilização de Marlone para a metade final da temporada. O jogador custou R$ 4 milhões ao clube no começo da temporada, fez somente 11 jogos e está sem atuar desde o dia 4 de junho.

Nesses quase dois meses sem entrar em campo pelo Corinthians, o meia Marlone ficou fora por opção dos treinadores. A situação incomodou o jogador, que autorizou seus representantes a procurarem equipes interessadas. As consultas envolveram equipes dispostas a contar com o reforço por empréstimo até o fim do ano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.