Rubens Chiri/saopaulofc.net
Rubens Chiri/saopaulofc.net

'Possivelmente com lesão muscular', como disse Ceni, Calleri pode virar desfalque no São Paulo

Atacante argentino deixou o clássico no Morumbi com o Corinthians com dores no músculo posterior da coxa direita e será reavaliado

Ricardo Magatti, O Estado de S.Paulo

19 de outubro de 2021 | 07h00

A terça-feira, dia seguinte à vitória sobre o Corinthians no clássico, será importante para os jogadores do São Paulo descansarem, já que ganharam folga de Rogério Ceni. O elenco só se reapresenta na quarta. Neste dia, será conhecida a gravidade da lesão de Calleri. O atacante argentino, autor do gol no clássico, foi substituído no duelo com dores no músculo posterior da coxa direita e será reavaliado. 

É provável que Calleri vire mais um desfalque para o técnico Rogério Ceni, que ainda não pode contar com Rigoni, outro atacante argentino que tem feito sucesso no time tricolor, mas que também está machucado pelo mesmo motivo. O próximo desafio é contra o Red Bull Bragantino, domingo, às 18h15, em Bragança Paulista. 

"Vamos avaliar o Calleri, possivelmente com uma lesão muscular. Rigoni ainda não pode voltar, Luan também está fora. Vamos analisar como vamos montar o time para enfrentar o Bragantino", disse Ceni, que evita fazer projeções e estipular metas depois de o São Paulo encerrar a série de seis empates no Brasileirão. "É jogo a jogo, não adianta fazer projeção, ainda temos 11 rodadas. Precisamos de pontos".

Calleri marcou três gols desde que retornou e tem sido importante para a equipe. Somente o argentino balançou as redes no Morumbi desde que o estádio voltou a receber torcedores. Além dele e de Rigoni, Luan também se recupera de lesões na coxa. William, há mais tempo no departamento médico, se reabilita de uma cirurgia no joelho. 

Se pode perder Calleri por lesão, Ceni terá Miranda de volta. O zagueiro e capitão do time cumpriu suspensão pelo acúmulo de amarelos diante do Corinthians. O treinador terá o restante da semana livre para fazer ajustes na equipe.

"Vamos ver, vamos ter alternativas, vamos estudar durante a semana, analisar sempre o adversário e decidir qual a maneira que vamos jogar", resumiu Ceni, sobre as possibilidades de esquemas táticos para o duelo com o Bragantino. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.