Prandelli chama Florenzi e deixa De Rossi fora da Itália

O técnico Cesare Prandelli anunciou neste domingo uma lista de 25 jogadores convocados para o amistoso que a seleção italiana fará contra a França, na próxima quarta-feira, em Parma. A principal novidade deste grupo foi a presença do meio-campista Alessandro Florenzi, da Roma, chamado pela primeira vez para defender a Itália.

AE-AP, Agência Estado

11 de novembro de 2012 | 18h17

Outro fato de destaque desta convocação foi a ausência do meia Daniele de Rossi, também da Roma, que foi descartado deste amistoso após se envolver com problemas disciplinares. Ele marcou gols nas duas últimas partidas da Itália nas Eliminatórias da Copa de 2014, mas acabou não figurando nesta lista de Prandelli após ser expulso, também neste domingo, no clássico diante da Lazio, pelo Campeonato Italiano.

De Rossi deu um soco em Stefano Mauri no jogo que terminou com vitória por 3 a 2 para a Lazio e, ao que parece, o ato de indisciplina acabou lhe custando caro. O meio-campista chegou a pedir desculpas ao adversário após a partida, mas a sua atitude anterior não se enquadra no rígido código disciplinar imposto por Prandelli na seleção italiana.

Outras novidades da lista anunciada neste domingo por Prandelli foram os retornos dos defensores Santon, do Newcastle, e Astori, do Cagliari, que estavam ausentes da equipe nacional desde o último dia 15 de agosto e março de 2011, respectivamente. Já o atacante Stephan El Shaarawy, do Milan, ganhou nova chance de mostrar serviço com a camisa da seleção.

Confira os convocados da Itália para o amistoso com a França:

Goleiros: Gianluigi Buffon (Juventus), Morgan De Sanctis (Napoli), Salvatore Sirigu (Paris Saint-Germain) e Emiliano Viviano (Fiorentina).

Defensores: Davide Astori (Cagliari), Federico Balzaretti (Roma), Andrea Barzagli (Juventus), Leonardo Bonucci (Juventus), Giorgio Chiellini (Juventus), Domenico Criscito (Zenit), Christian Maggio (Napoli) e Davide Santon (Newcastle).

Meio-campistas: Antonio Candreva (Lazio), Alessandro Diamanti (Bologna), Alessandro Florenzi (Roma), Emanuele Giaccherini (Juventus), Claudio Marchisio (Juventus), Riccardo Montolivo (Milan), Andrea Pirlo (Juventus) e Marco Verratti (Paris Saint-Germain).

Atacantes: Mario Balotelli (Manchester City), Mattia Destro (Roma), Stephan El Shaarawy (AC Milan), Sebastian Giovinco (Juventus) e Pablo Daniel Osvaldo (Roma).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolItáliaconvocaçãoDe Rossi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.