Nilton Fukuda/ESTADÃO
Nilton Fukuda/ESTADÃO

Prandelli exalta nova geração italiana

Técnico da Itália está satisfeito por enfrentar o Brasil na primeira fase da Copa das Confederações

Luís Augusto Monaco, Agência Estado

30 de novembro de 2012 | 13h09

SÃO PAULO - O técnico da Itália, Cesare Prandelli, exaltou nesta sexta-feira a nova geração de jogadores do futebol italiano, projetando um futuro promissor para a seleção do país. Mas ele admitiu que ainda não sabe se trará todos os garotos para a disputa da Copa das Confederações de 2013 no Brasil, já que a Eurocopa Sub-21 será disputada no mesmo período em Israel.

"Há dois anos, quando assumi, ninguém apostava nada na renovação do time. Agora, temos uma safra de jovens jogadores de muita qualidade, que podem jogar pela Itália", afirmou Prandelli. Depois, porém, ele revelou que a seleção italiana pode ficar desfalcada de alguns desses garotos na Copa das Confederações, que acontecerá entre 15 e 30 de junho de 2013.

Prandelli citou alguns dos garotos que já conseguiram ganhar espaço na seleção principal da Itália, como o atacante El Shaarawy, que tem apenas 20 anos e é titular do Milan. Outros nomes de destaque nessa nova geração são o atacante Insigne (de 21 anos, do Napoli) e os meio-campistas Verratti (de 20 anos, do Paris Saint-Germain) e Florenzi (de 21 anos, da Roma).

Ao comentar sobre a Copa das Confederações, durante a entrevista coletiva desta sexta-feira em São Paulo, que reuniu os técnicos já classificados para a competição, Prandelli disse ter gostado do fato de enfrentar o Brasil na primeira fase - o sorteio dos grupos será apenas neste sábado, mas, pelas regras, já é certo que brasileiros e italianos ficarão na mesma chave.

"O Brasil talvez ainda seja a melhor seleção do mundo e é sempre muito bom medir forças com um time desses", disse Prandelli, que vai esperar o sorteio deste sábado para definir a base da seleção italiana no Brasil durante a disputa da Copa das Confederações - os italianos vão escolher entre Rio, Belo Horizonte e São Paulo, cidades já visitadas pela comissão técnica.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.