Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Prass anuncia saída do Palmeiras após 7 anos: 'Não foi da maneira como planejei'

Goleiro afirmou em entrevistas recentes que não tem a intenção de se aposentar do futebol

Redação, Estadão Conteúdo

07 de dezembro de 2019 | 11h37

Fernando Prass não jogará mais pelo Palmeiras. Por meio de suas redes sociais, o goleiro anunciou na manhã deste sábado que encerrou seu ciclo no clube alviverde, do qual se tornou uma das principais referências nos últimos anos.

"Não foi da maneira como planejei, mas hoje se encerra meu ciclo no Palmeiras. Obrigado, Palmeiras e torcida pelo carinho!", escreveu o goleiro. Ele tem contrato com o clube até o fim deste mês e não renovará o vínculo.

Prass chegou em 2013, momento difícil do Palmeiras, que iniciaria, naquele ano, a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. Ao todo, o goleiro ficou sete anos no time alviverde e conquistou quatro títulos: Série B, Copa do Brasil (2015) e Campeonato Brasileiro (2016 e 2018).

O goleiro se tornou ídolo da torcida pelas atuações e pela postura profissional e de líder. O jogador viveu seu auge em 2015, na disputa da Copa do Brasil, depois de defender pênaltis na semifinal e final da competição e, ainda, converter a cobrança que garantiu o título à equipe alviverde. Em entrevistas recentes, o goleiro havia manifestado seu desejo de permanecer no Palmeiras e até de encerrar a carreira no clube. Aos 41 anos, afirmou que está em forma e ainda tem "muita lenha para queimar". Ele não indicou o que fará no futuro.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Não foi da maneira como planejei mas hoje se encerra meu ciclo no Palmeiras. Obrigado Palmeiras e a torcida pelo carinho!

Uma publicação compartilhada por Fernando Prass (@fernandoprassoficial) em

Ao todo, Prass, primeiro goleiro contratado pelo Palmeiras desde o paraguaio Gato Fernández em 1994, atuou em 274 jogos com a camisa do time, o que o fez ser o oitavo arqueiro com mais partidas pelo clube na história, atrás de Leão, Marcos, Valdir de Morais, Velloso, Oberdan, Sérgio e Gilmar. Em relação ao atual elenco, só jogou menos partidas do que Dudu. Com a saída de Prass, Jailson deve permanecer no Palmeiras. Para a próxima temporada, a diretoria já acertou o retorno do jovem Vinicius Silvestre, que estava emprestado ao CRB. O titular da posição é Weverton.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasFernando Prass

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.