Ceasr Greco/Ag. Palmeiras
Ceasr Greco/Ag. Palmeiras

Prass minimiza papel do capitão: 'É mais uma imagem'

Goleiro do Palmeiras descarta interesse em usar a faixa e elogia liderança de Dudu

O Estado de S. Paulo

31 de janeiro de 2017 | 14h47

O goleiro Fernando Prass, do Palmeiras, garantiu nesta terça-feira que não está preocupado com o cargo de capitão do time. Em entrevista ao canal ESPN Brasil, o jogador afirmou que a faixa, atualmente utilizada pelo atacante Dudu, não tem grande importância internamente nos elencos e serve mais como um status para quem vê de fora.

"A questão do capitão é muito mais uma imagem para quem está de fora ver. O capitão do Palmeiras não tem nenhuma atribuição a mais do que qualquer outro jogador", afirmou Prass, que já foi o capitão do time em ocasiões anteriores. "O capitão representa o time no sorteio do campo, mas em termos oficiais, não tem muita diferença. Óbvio que alguns jogadores como o Dudu reagem muito bem. Para mim não muda nada", completou.

Prass será o goleiro titular do time neste ano, depois de se recuperar de cirurgia no cotovelo direito que o tirou do futebol durante quase todo o segundo semestre do ano passado. Aos 38 anos, o jogador disse mesmo com a vaga assegurada no time, não pode relaxar para a concorrência. "O futebol é momento, você tem que provar no dia a dia, tem que provar que você merece continuar sendo titular", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFernando Prass

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.