Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Prass pede para torcida palmeirense não se apegar aos resultados

Goleiro diz que equipe teve boas atuações em derrotas no Paulista

DANIEL BATISTA, O Estado de S.Paulo

12 Março 2015 | 13h41

Palmeiras e Santos fizeram um grande jogo na Vila Belmiro, com chances de gols para os dois times e um clássico disputado. O time da casa levou a melhor e de virada venceu por 2 a 1, pelo Campeonato Paulista, na última quarta-feira. Pelo equilíbrio da partida, para o goleiro Fernando Prass, não é justo avaliar a situação do Palmeiras apenas olhando para o resultado.

"Se analisar só o placar preocupa, mas tem que ver o jogo. Não fomos inferiores ao Santos. Tivemos momentos que fomos melhores e em outros, eles estavam melhores. Pelo resultado, é óbvio que é ruim perder um clássico, mas a avaliação de quem está no dia a dia é que não se pode apegar só aos resultados. Tem dia que a gente perde jogos que não merecemos perder, como também vencemos partidas que não merecíamos ganhar", afirmou o goleiro.

De fato, o Palmeiras teve chances de marcar mais gols, assim como aconteceu diante de Ponte Preta e Corinthians, outros adversários que conseguiram vencer a equipe nesta temporada. Outro experiente jogador que também lamentou o resultado foi o meia Zé Roberto. Ele destacou o equilíbrio das duas equipes.

"Foi um jogo parelho. A equipe que iria sair com a vitória era quem entrasse mais aplicada. O Santos entrou assim no segundo tempo e não conseguimos manter a intensidade do primeiro tempo. Isso nos dá tristeza pelo início do segundo tempo, por não conseguir a vitória ou empate, mas domingo temos que nos recuperar, pois já temos jogos".

O Palmeiras joga domingo contra o XV de Piracicaba, às 11 horas, pelo Paulistão. O elenco se reapresenta na tarde desta quinta-feira, na Academia de Futebol.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.