Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

Prass quer solução para Palmeiras acabar com 'a mesma desculpa'

Goleiro quer ver time jogando bem contra adversários retrancados

DANIEL BATISTA, O Estado de S.Paulo

28 de maio de 2015 | 12h13

Nos últimos jogos, os jogadores e o técnico Oswaldo de Oliveira têm deixado o gramado com uma reclamação na ponta da língua. O discurso é que o resultado não foi conquistado porque o adversário entrou recuado demais e dificultou a vida do Palmeiras. Para o goleiro Fernando Prass, a desculpa não pode mais ser utilizada e chegou a hora da equipe aprender a sair desta situação.

"Eles jogaram fechados e congestionaram o meio. A gente tinha que abrir o jogo, mas não tinha espaço. A gente tem que ter solução para esses problemas", cobrou o experiente goleiro.

Prass ainda deixa claro que para o time começar a se reerguer é preciso uma melhora técnica. "É difícil falar um motivo objetivo ou certeiro, mas até pelo adversário, temos que ser melhor tecnicamente do que eles", analisou.

"Precisamos ter soluções para furar o bloqueio desses times que vêm jogar aqui com essa proposta de marcar atrás e não sair. Taticamente estamos marcando sob pressão, sem deixá-los criar situações e jogando pelos lados do campo, mas falta criatividade no último passe e uma jogada individual", completou.

O goleiro nega que a formação com apenas um atacante mais próximo da área possa ser a razão pelas más atuações da equipe do Palmeiras. "Não é por ser 4-4-2, 3-5-2 ou 3-6-1 que não estamos conseguindo vencer os jogos. O problema é nosso. Temos que melhorar tecnicamente. Sabemos que a confiança sai um pouco porque os resultados não estão acontecendo, mas só nós podemos reverter isso", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.