Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

Prass pega o 14º pênalti e completa um ano sem perder no Palmeiras

Goleiro salva a equipe na partida contra o Novorizontino e continua batendo metas impressionantes

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

25 de março de 2019 | 04h38

A polêmica com a arbitragem no empate do Palmeiras por 1 a 1 com o Novorizontino fez com que a defesa de pênalti feita por Fernando Prass ficasse em segundo plano, mas o fato é que o goleiro escreveu mais um capítulo em sua vitoriosa e bonita história no clube. Ele chegou a incrível marca de 14 cobranças de pênaltis defendidas em seis anos e alcançou a marca de um ano sem perder com a camisa alviverde.

No dia 21 de março do ano passado, o Palmeiras goleou o mesmo Novorizontino por 5 a 0, também pelas quartas de final do Paulista, com Prass como titular. Desde então, ele atuou por nove jogos, sendo sete vitórias e dois empates. A última derrota do goleiro, jogando, foi no dia 5 de março, quando o Palmeiras perdeu por 1 a 0 para o São Caetano. 

Quando o assunto é pênalti, mais uma vez Prass chama a atenção. É verdade, porém, que muitos torcedores reclamaram que ele falhou no gol do Novorizontino, ao rebater uma bola para o meio da área e deixar fácil para Cléo Silva marcar. Mas ele se redimiu em grande estilo, pegando a penalidade chutada por Hugo Henrique.

"Pênalti tem um pouco de tudo. Estudo do batedor, feeling... Sabia que ele dava aquela parada, mas não sabia o canto. Esperei ao máximo para ele não me ver pular e acabar batendo no meio", contou o goleiro, em entrevista a TV Palmeiras. 

No total, já foram 14 pênaltis defendidos por Prass. O primeiro foi no dia 30 de julho de 2013, quando ele pegou a cobrança de Radamés na vitória por 4 a 0 sobre o Icasa, pela Série B do Campeonato Brasileiro. 

Um fato curioso é que Prass, de 41 anos, já pegou até pênalti de quem hoje é seu companheiro de time no Palmeiras. Primeiro, foi de Gustavo Scarpa, na vitória do Palmeiras sobre o Fluminense pela Copa do Brasil de 2015. No ano seguinte, defendeu o chute de Lucas Lima no clássico com o Santos, pelo Paulistão.

Veja a lista completa dos pênaltis defendidos por Fernando Prass no Palmeiras:

  • 1º Cobrança de Radamés - Palmeiras 4 x 0 Icasa, Série B (30/07/2013)
  • 2º e 3º  Cobranças de Elias e Petros - Corinthians (5) 2 x 2 (6) Palmeiras, Paulista (19/04/2015)
  • 4º Cobrança de Marinho) - Cruzeiro 2 x 1 Palmeiras, Brasileiro (09/08/2015)
  • 5º Cobrança de Gustavo Scarpa - Palmeiras (4) 2 x 1 (1) Fluminense, Copa do Brasil (28/10/2015)
  • 6º Cobrança de Gustavo Henrique - Palmeiras (4) 2 x 1 (3) Santos, Copa do Brasil (02/12/2015)
  • 7º e 8º Cobranças de Seba Fernandez e Ramirez - Nacional-URU 0 (4) x (3) 0 Palmeiras, Copa Antel (23/01/2016)
  • 9º Cobrança de Marco Ruben - Palmeiras 2 x 0 Rosario Central-ARG, Libertadores (03/03/2016)
  • 10º Cobrança de Lucca - Palmeiras 1 x 0 Corinthians, Paulista (03/04/2016)
  • 11º Cobrança de Lucas Lima - Santos 2 x 2 Palmeiras, Paulista (24/04/2016)
  • 12º Cobrança de Fred - Atlético-MG 1 x 1 Palmeiras, Brasileiro (09/09/2017)
  • 13º Cobrança de Barrera - Palmeiras 3 x 1 Junior Barranquilla-COL (16/05/2018)
  • 14ª Cobrança de Murilo Henrique - Novorizontino 1 x 1 Palmeiras, Paulista (23/03/2019)

 

Tudo o que sabemos sobre:
Fernando PrassfutebolPalmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.