Nilton Fukuda|Estadão
Nilton Fukuda|Estadão

Prass vê estreia 'perfeita', mas pede calma com o Palmeiras

Goleiro lembra que ainda é cedo para fazer projeções

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

18 de maio de 2016 | 18h01

A goleada por 4 a 0 sobre o Atlético-PR encheu o torcedor do Palmeiras de confiança, não só pelo resultado, mas também pela boa atuação da equipe. Experiente, o goleiro Fernando Prass prefere ser mais cauteloso e evitar festividades, embora tenha gostado muito do que viu diante dos paranaenses. Ele acha muito cedo para se animar e achar que o time pode ter metas ambiciosas na competição.

"A primeira rodada foi perfeita, maravilhosa e excepcional, mas é só um jogo. Temos mais 37 e a gente tem experiência de vários Brasileiros para saber que a primeira rodada não define nada. Os pontos da Ponte são mais importantes do que estes (do Atlético-PR) porque já foram", disse o goleiro, lembrando da partida que será realizada no próximo sábado, em Campinas, pelo Campeonato Brasileiro.

O goleiro acredita que os treinamentos em Atibaia serviram para o time evoluir taticamente e isso, sim, já pode ser percebido em campo. "Futebol não tem mágica e trabalhamos muito nessa parada. O Cuca cobrou a manutenção de bola e capricho no passe e tudo foi trabalhado nesses dias. É raro ter tempo para trabalhar no futebol brasileiro, então esse tempo que tivemos a mais pode ser um diferencial", comentou.

A receita para ir longe no Brasileiro, na opinião do palmeirense, é saber aproveitar bem os jogos como mandantes no Allianz Parque. "Para brigar pela parte de cima da tabela, você tem de ter um aproveitamento excepcional em casa. No ano passado, não conseguimos isso e ainda priorizamos a Copa do Brasil. O Cuca tem batido muito nesse tecla de criar identidade com o campo e a torcida. Temos que fazer da nossa casa um diferencial."

Com dores nas costas, o goleiro não treinou na terça-feira e na manhã desta quarta. À tarde, fez um trabalho físico na Academia de Futebol e, segundo a assessoria de imprensa do clube, ele deve participar do treinamento no gramado normalmente na quinta-feira.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.