Pratto diz estar entre rivais Cruzeiro e Atlético Mineiro

Times que duelaram pela Copa do Brasil se enfrentam novamente na disputa pela contratação do centroavante argentino

Estadão Conteúdo

10 de dezembro de 2014 | 14h49

Depois de duelarem pelo título da Copa do Brasil, Cruzeiro e Atlético Mineiro travam um outro confronto, desta vez fora dos gramados. Os dois rivais de Belo Horizonte disputam a contratação do centroavante argentino Lucas Pratto, segundo revelou o próprio jogador, nesta quarta-feira, em entrevista a uma rádio do seu país.

"Amanhã (quinta-feira) vou conversar com meu empresário. Há chances (de jogar) no Cruzeiro e no (Atlético) Mineiro", disse o jogador, falando com a Rádio America 1190, de Buenos Aires. Aos 26 anos, ele parece não ver a hora de sair do Vélez Sarsfield, clube que defende há dois anos.

O jogador elogiou o poder financeiro do futebol brasileiro na comparação com o argentino e indicou que torce pelo sucesso da negociação com um dos mineiros. "A liga brasileira é muito boa, e ainda posso ficar perto da Argentina. Vamos ver se essa possibilidade se torna realidade."

No meio do ano, quando era treinado por Ricardo Gareca (ex-técnico do Vélez), o Palmeiras tentou comprar Pratto, mas não chegou a um acordo com os argentinos. O atacante passou por diversos times (Tigre, Lyn Oslo-NOR, Boca Juniors e Unión Santa Fé) antes de se destacar na Universidad Católica. Ficou uma temporada e meia no Chile, foi vendido ao Genoa, mas não rendeu na Itália e voltou para o Vélez.

No Cruzeiro, chegaria para ocupar a lacuna a ser deixada por Marcelo Moreno, que pertence ao Grêmio e não deve continuar em Belo Horizonte devido ao seu alto custo. O Atlético Mineiro tem um elenco deficiente no ataque e corre o risco de perder Diego Tardelli.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.