Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Pré-selecionado para a Copa, Dudu vira desfalque para o Palmeiras

Atacante integra lista de espera com 12 nomes e, por isso, precisará cumprir período de descanso determinado pela Fifa

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

23 de maio de 2018 | 21h10

O Palmeiras não poderá contar com o atacante Dudu pelos próximos jogos. O diretor de futebol do clube, Alexandre Mattos, afirmou nesta quarta-feira, antes da partida contra o América-MG, no Allianz Parque, pela Copa do Brasil, que o jogador ficará fora para ter de cumprir uma exigência da Fifa por ter sido pré-convocado para a Copa do Mundo para a seleção brasileira pelo técnico Tite.

+  Neymar apresenta evolução acima do esperado

+ Tabela da Copa do Mundo 2018

O dirigente palmeirense explicou que o atacante está na lista de 35 nomes selecionados pelo técnico Tite para a disputa do Mundial da Rússia. Dudu está na relação extra de 12 nomes feita como possíveis reservas para os 23 atletas da convocação principal. Como a Fifa determina que desde 21 de maio quem for chamado precisa cumprir um período de descanso, o atacante será preservado pelo clube. 

"O Palmeiras fez um contato com a CBF para saber se o Dudu tinha condição legal e ainda não tivemos a resposta. Por prudência, tiramos o Dudu do jogo", disse Mattos em entrevista na zona mista do estádio. "Vamos aguardar para a sequência do Brasileiro o que recebemos e enquanto não tivermos certeza absoluta das condições, o Dudu não vai poder atuar", explicou o dirigente.

Dudu fez parte de convocações de Tite em duas ocasiões. Em janeiro de 2017, integrou o grupo chamado para o amistoso com a Colômbia, em janeiro, no Rio. A listagem teve somente atletas que atuavam no futebol brasileiro. Depois, em março do mesmo ano, o atacante do Palmeiras fez parte dos relacionados para as partidas das Eliminatórias contra o Uruguai, em Montevidéu, e Paraguai, em São Paulo.

"Recebemos da CBF que o Dudu está entre os 35 jogadores convocados pelo Tite. Isto é um motivo de muita alegria, porque todo mundo sabe a referência que ele é, ainda uma das, se não for a maior dentro do Palmeiras. Chegar no mais alto padrão é a Seleção e ficamos felizes por ele e com ele também", comentou Mattos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.