Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Precavido, Palmeiras tenta evitar zebra e garantir avanço na Copa do Brasil

Time recebe o Sampaio Corrêa preocupado com o excesso de favoritismo para o jogo

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

30 de maio de 2019 | 04h30

O maior desafio do Palmeiras para o jogo desta quinta-feira, às 20h, contra o Sampaio Corrêa, não é ter um adversário forte pela frente ou alguma missão complicada, como construir um grande saldo de gols. O principal obstáculo para o time diante dos maranhenses pelas oitavas de final da Copa do Brasil é não se acomodar com tanto favoritismo dentro do Allianz Parque diante de um rival da Série C do Campeonato Brasileiro.

Depois de ganhar por 1 a 0 no Maranhão, na semana passada, o Palmeiras precisa somente de um empate para se classificar. Em caso de derrota por uma gol de diferença, a disputa por vaga nas quartas de final será definida nos pênaltis.

A grande vantagem para o confronto cobrou dos jogadores concentração para não se acomodar. O Palmeiras não leva gol como mandante há três meses (desde o jogo com o Ituano), vem de seis vitórias seguidas na temporada e em 22 participações de oitavas de final de Copa do Brasil, foram somente sete eliminações.

"Toda vantagem é importante, mas quando a bola começar a rolar, nosso pensamento será apenas na vitória para garantir a classificação", afirmou o atacante Dudu. Palmeiras e Sampaio Corrêa se enfrentaram duas vezes pela Copa do Brasil e ambas ocasiões a equipe alviverde avançou. "Conseguimos um bom resultado fora de casa, mas sabemos que ainda não tem nada definido. O time deles mostrou ter qualidade no jogo de ida e precisamos manter a concentração em casa", completou o camisa 7.

O Palmeiras não alterou a rotina antes do compromisso. O time manteve a programação de treinos fechados e deve repetir a postura de alternar os titulares. A formação a ser escalada deve ser a mesma da vitória por 1 a 0 na última semana, com gol de Moisés.

O zagueiro Antônio Carlos está cotado para novamente ganhar chance no time e comentou que nas conversas com o elenco, o técnico Luiz Felipe Scolari cobrou atenção. " O Sampaio Corrêa tem um bom time, vimos no primeiro jogo. Temos de fazer valer o fator casa, e com certeza com muito respeito, como o Felipão diz, vamos conseguir mais um bom resultado", comentou.

A torcida vai comparecer em bom número. Até o fim da tarde desta quarta-feira, foram vendidos 24 mil ingressos. A partida marca a inauguração do novo gramado do Allianz Parque. O campo foi retirado nas últimas semanas para a montagem de palco para os shows dos grupos Los Hermanos e BTS.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS X SAMPAIO CORRÊA

PALMEIRAS: Prass; Mayke, Edu Dracena, A. Carlos e V. Luis; T. Santos, Moisés e Scarpa; Hyoran (Dudu), Carlos Eduardo e Arthur Cabral. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

SAMPAIO CORRÊA: Andrey; Everton Silva, Douglas Assis, Moisés e Felipe Dias; Dedé, Diones e Eloir; Cleitinho; João Paulo e Salatiel. Técnico: Julinho Camargo.

Juiz: Jean Lima (RS)

Local: Allianz Parque

Horário: 20h

Na TV: Pay-per-view (para São Paulo) e SporTV

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.