Evelson de Freitas/AE
Evelson de Freitas/AE

Precavido, Tite faz coletivo repleto de reservas

Escalação dos convocados para o Superclássico depende da condição física dos atletas

VÍTOR MARQUES, Agência Estado

21 de novembro de 2012 | 17h44

SÃO PAULO - Sem saber se poderá usar os quatro jogadores que estão com as seleções do Brasil e da Argentina que vão jogar o Superclássico, logo mais, em Buenos Aires, o técnico Tite promoveu treino coletivo nesta quarta-feira, no Parque Ecológico, com o time repleto de reservas. Como Douglas e Chicão estão suspensos, a equipe teve apenas cinco dos considerados titulares.

A escalação dos brasileiros Ralf, Paulinho, Fábio Santos e do argentino Martínez no clássico diante do Santos, sábado, às 19h30, no Pacaembu, vai depender da condição física em que eles retornarem do amistoso de logo mais na Bombonera. Os quatro devem chegar ao Brasil na quinta à tarde e devem fazer apenas um treino regenerativo na sexta.

Nesta quarta, foram seis mudanças no time titular. Chicão e Douglas, suspensos, deram lugar a Wallace e Emerson, que deverão começar jogando o clássico. Na lateral-esquerda, Guilherme Andrade entrou na vaga de Fábio Santos, enquanto a dupla de volantes foi formada por Anderson Polga e Edenilson. Romarinho treinou no lugar de Martínez.

Com isso, o time do coletivo desta quarta foi formado por Cássio; Alessandro, Wallace, Paulo André e Guilherme Andrade; Polga, Edenilson e Danilo; Emerson, Guerrero e Romarinho. Suspensos pelo terceiro amarelo, Douglas e Chicão treinaram entre os reservas. Já Jorge Henrique, voltando de lesão, primeiro treinou finalizações e depois entrou no time reserva, já na segunda parte do coletivo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoCorinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.