?Precisamos reagir?, decreta Leão

O técnico Leão deu um importante recado ao seu time: "Está na hora do Santos correr atrás do campo perdido". Nesta sexta-feira, antes do treino no período da manhã, Leão manteve uma conversa com seus jogadores "curta e em volume baixo". Leão preferiu não usar o termo, mas pareceu um ultimato, já que pediu, entre outras coisas, empenho. É bom lembrar que o Santos (atual campeão brasileiro) ocupa, hoje, uma modesta décima-primeira colocação na competição. Ele espera, dessa forma, que o Santos entre no Maracanã, neste sábado, a partir das 18 horas, para enfrentar o Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro, com mais disposição. "Precisamos reagir". Leão quer ver um Santos em evolução, com um desempenho melhor a cada partida. E Leão cobrou isso. "O melhor jeito é cumprir em campo funções simples", ensinou. "Marcar bem quando somos atacados e ser rápidos quando atacamos". Para esse compromisso, Leão tem um desfalque certo. Renato fez um teste com bola e continua fora, se submetendo a um tratamento no tornozelo esquerdo - se machucou contra o Figueirense, há uma semana. Em contrapartida, voltam o zagueiro Alex e o meio-campista Paulo Almeida - não atuaram no meio de semana contra o El Nacional, pela Libertadores.Leão não confirmou a escalação do time, que poderá ter Alexandre na vaga de Renato, "o que deixará o time mais pegador", ou ainda Fabiano, uma possibilidade mais remota. Uma terceira opção é fazer retornar à equipe o lateral-direito Reginaldo Araújo, deslocando Elano para o meio-campo. "Só dou a escalação momentos antes do jogo", informou o treinador. O excesso de zelo de Leão tem uma justificativa. "O Nelsinho (técnico do Flamengo) é paulista". Isso faz com que ele conheça bem as características dos jogadores que atuam em São Paulo. Com relação ao Flamengo, Leão sabe que terá um difícil obstáculo pela frente. "Eles estão em evolução e possuem jogadores de talento, especialmente os dois canhotos (Athirson e Felipe)". O time não está confirmado mas deve iniciar a aprtida com Fábio Costa; Elano (Reginaldo Araújo), Alex, André Luiz e Léo; Paulo Almeida, Alexandre (Fabiano ou Elano), Diego e Nenê; Robinho e Ricardo Oliveira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.