Divulgação
Divulgação

Prefeitura cede terreno para Fluminense construir Centro de Treinamento

Acorde cede local de 40 mil m² no bairro de Jacarepaguá em acordo válido por 50 anos

Agência Estado,

21 de março de 2013 | 19h52

RIO - A prefeitura do Rio publicou nesta quinta, no Diário Oficial do Município, a cessão do terreno de 40 mil m² onde será construído o centro de treinamento do Fluminense, em Jacarepaguá. O acordo é válido por 50 anos, prorrogável por mais 50.

A construção será financiada pelo clube e seus patrocinadores, sem verba da prefeitura. O CT terá o nome de Célio Barros, em homenagem ao presidente da Unimed Rio, principal patrocinadora do clube.

"É o nome que eu, como presidente, vou dar. É patrocinador? Tudo bem. Mas ele montou um projeto espetacular que tem sido muito bom para a Unimed e Fluminense. Nada mais justo que homenagear aquela que foi principal pessoal na recuperação do clube desde nosso rebaixamento", disse o presidente do Flu, Peter Siemsen. As obras devem ficar prontas em 2014.

Nesta quinta, o volante Diguinho disse que cogita mudar de posição: de segundo para primeiro volante. "Quem sabe? O Abel sabe que pode contar comigo. Já fiz essa função e é uma possibilidade. O Jean vive um momento especial e eu respeito. Ele é um jogador muito querido por todos aqui. Mas nunca vou desanimar e sigo buscando o meu espaço", disse Diguinho, que vai ocupar no fim de semana a vaga de Jean, que está com a seleção.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFluminenseCampeonato Carioca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.