Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Prefeitura de Belo Horizonte libera, e estádios terão 100% da capacidade

Mineirão e Independência poderão ter suas arquibancadas totalmente ocupadas por torcedores de Atlético, América e Cruzeiro

Redação, Estadão Conteúdo

01 de novembro de 2021 | 17h40

Após São Paulo, foi a vez da Prefeitura de Belo Horizonte dar mais um passo na flexibilização em relação ao retorno dos torcedores aos estádios de futebol. A partir desta terça-feira, os clubes da capital mineira poderão preencher 100% da capacidade do estádio em seus respectivos jogos como mandantes, seja na Série A ou na Série B do Campeonato Brasileiro.

A prefeitura informou ainda que alguns protocolos precisarão continuar sendo seguidos à risca, a exemplo da apresentação do comprovante das duas doses de vacinação contra covid-19, ou um exame com resultado negativo para a doença, desde que realizado ao menos 72 horas antes da partida. O uso de máscara continua sendo obrigatório.

A decisão foi tomada dias após um pedido do presidente do Atlético Mineiro, Sérgio Coelho, ao prefeito Alexandre Kalil (PSD). Na ligação, revelada em nota oficial pelo clube, o mandatário solicitou a liberação do Mineirão para receber 100% de sua capacidade. Kalil foi solícito, mas indicou que daria um parecer apenas após receber um respaldo técnico, o que aconteceu.

Com isso, o Atlético Mineiro fica livre para colocar aproximadamente 60 mil torcedores no duelo contra o Grêmio, marcado para esta quarta-feira, às 21h, em jogo atrasado da 19ª rodada do Brasileirão, diferente do Cruzeiro, que encara o Vila Nova nesta segunda-feira, às 19h, no Independência.

A medida, que teve o aval de integrantes do Comitê de Enfrentamento à covid-19, será publicada no Diário Oficial de Belo Horizonte nesta terça-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.