Marcos de Paula/Estadão
Marcos de Paula/Estadão

Prefeitura do Rio de Janeiro interdita Engenhão por problemas estruturais

Não há maiores detalhes sobre a interdição, mas especula-se que haja problemas na cobertura

TIAGO ROGERO, Agência Estado

26 de março de 2013 | 16h26

RIO - A Prefeitura do Rio de Janeiro vai anunciar nesta terça-feira a interdição do Estádio Engenhão, sede dos jogos dos quatro maiores clubes do estado. Ainda não há maiores detalhes sobre a interdição, mas a prefeitura já adiantou que a arena sofre com problemas estruturais.

O anúncio da interdição deve ser feito nesta noite, após reunião do prefeito Eduardo Paes com dirigentes de Flamengo, Vasco, Botafogo e Fluminense, na própria sede da prefeitura. Especula-se que problemas na cobertura teriam levado ao fechamento provisório do estádio, ainda sem um prazo determinado.

O Engenhão vinha sendo o principal estádio do Rio de Janeiro desde que o Maracanã foi fechado para reforma em 2010. Os clubes vinham se revezando entre jogos na arena e no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

Sem o Engenhão pelos próximos meses, os times devem mandar a maior parte dos seus jogos no próprio Raulino de Oliveira e no Estádio de São Januário, do Vasco. O Maracanã só retomará a rotina de jogos locais após a Copa das Confederações, em junho.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolEngenhãointerdiçãoestrutura

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.