Matheus Andrade/Divulgação
Matheus Andrade/Divulgação

Prefeitura do Rio estuda ingressos do futebol a R$ 1

Projeto é apresentada pelo prefeito Eduardo Paes, mas ainda está em estado embrionário: clubes ainda não foram sequer notificados

Luciana Nunes Leal / RIO, O Estado de S. Paulo

23 de dezembro de 2014 | 18h38

Em 2015, ano em que o Rio completa 450 anos, o prefeito da cidade, Eduardo Paes, planeja promover jogos do Campeonato Carioca a preços populares, possivelmente a R$ 1. A ideia, porém, ainda está sendo estudada pela prefeitura e não foi sequer apresentada aos clubes, que deverão ter poder de veto.

A proposta de Eduardo Paes é que o governo municipal subsidie jogos dos grandes times (Flamengo, Vasco, Fluminense e Botafogo), permitindo dessa forma o acesso de torcedores de baixa renda aos estádios. As partidas com ingresso mais barato seriam aqueles realizados no Engenhão.

Construído pela prefeitura do Rio para os Jogos Pan-americanos de 2007 e arrendado ao Botafogo, o Engenhão está em reformas desde 2013 em virtude de problemas na cobertura. O estádio deveria ter sido reinaugurado em novembro passado, mas o prazo não foi cumprido. Nos Jogos Olímpicos, o Engenhão receberá as provas de atletismo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.