Prefeitura libera início das obras no estádio corintiano

Sob pressão do governo federal por estar com as obras atrasadas para a Copa de 2014, a Prefeitura de São Paulo emitiu nesta sexta-feira licença que autoriza o Corinthians a iniciar as obras do seu estádio em Itaquera, na zona leste da capital paulista. A certidão de diretrizes foi emitida pelo secretário municipal de Transportes, Marcelo Branco, em despacho publicado no Diário Oficial da Cidade.

DIEGO ZANCHETTA, Agência Estado

29 de abril de 2011 | 16h27

As contrapartidas exigidas do clube para a obra são praticamente as intervenções já previstas para serem executadas por Estado e Prefeitura no convênio assinado no ano passado para a construção do estádio. Entre as "ações mitigadoras" previstas está a construção de alças de acesso da Radial Leste para a Avenida Jacu Pêssego.

O governo municipal e o Estado ainda estudam pedir que o clube pague parte dessas obras. O custo do Corinthians será basicamente pagar os R$ 12 milhões pelo terreno, que pertence à Prefeitura.

A liberação de uma certidão de diretrizes da CET para empreendimentos como um novo estádio costuma demorar até cinco anos. O Palmeiras, por exemplo, esperou 39 meses para obter a licença da Arena Palestra Itália e teve de pagar R$ 6 milhões em contrapartidas de obras viárias e antienchentes para a região da Pompeia.

Para conseguir a licença final para abrir o estádio, o Corinthians ainda precisa cumprir as determinações da certidão emitida pela CET.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa de 2014Corinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.